Sawubona #01

Muitos devem estar estranhando o título deste post, mas antes de mais nada irei explicá-lo.
A palavra “Sawubona” é uma saudação em IsiZulu, uma das várias línguas faladas na África da Sul, aproximadamente 23% da população sul-africana diz Sawubona para saudar outras pessoas.
E uma vez por mês teremos aqui no Un Quimera um Sawubona, vão ser posts falando sobre a expectativa para a Copa do Mundo deste ano, durante a Copa vou falar mais especificamente dos jogos mesmo, mas isso é coisa pra depois…
Neste primeiro post falo das cidades-sede da Copa (em ordem alfabética):
1. Bloemfontein
Free State Stadium (48.000)

Bloemfontein é uma das cidades sul-africanas que mais aprecia o futebol. O time local é o Celtic (referência direta ao famoso Celtic escocês) e o povo de lá realmente gosta de futebol.
A cidade receberá seis jogos, cinco pela primeira fase e um das Oitavas de Final.
Uma curiosidade bem legal de Bloemfontein que eu como fã não poderia deixar de mencionar é que foi nesta cidade que nasceu J.R.R. Tolkien, o escritor já citado aqui no Un Quimera no início do ano passado, autor da grandiosa trilogia O Senhor dos Anéis.
2. Cidade do Cabo
Green Point (68.000)

A Cidade do Cabo é a segunda cidade mais populosa da África do Sul, repleta de pontos turísticos, entre eles o Cabo da Boa Esperança, mitificado na obra Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões, a cidade conta também com um novíssimo estádio, o Green Point foi construído para a Copa de 2010.
Oito jogos serão sediados lá: cinco da primeira fase, um das Oitavas, um das Quartas e uma das duas Semi-Finais.
3. Durban
Moses Mabhida (70.000)
Durban é outra cidade que teve o estádio construído para a Copa de 2010, um dos maiores da Copa o Moses Mabhida receberá sete jogos: cinco na primeira fase, um nas Oitavas e a outra Semi-Final.
Caracterizada também pelos pontos turísticos, Durban conta com várias praias e não é a toa que será uma das “casas” da torcida brasileira durante a Copa.
4. Joanesburgo
Soccer City (94.700)

Ellis Park (61.000)

Diria que as maiores emoções da Copa do Mundo acontecerão em Joanesburgo.
Cidade símbolo da luta contra a segregação racial, Joanesburgo é também a casa dos dois maiores times sul-africanos, o Orlando Pirates e o Kaizer Chiefs.
A cidade é a mais populosa da África do Sul e também é o maior centro econômico do país.
Serão realizados quinze jogos da Copa lá. No Ellis Park serão cinco da primeira fase, um das Oitavas e um das Quartas.
E o Soccer city, que foi totalmente reformado para a Copa do Mundo receberá os jogos mais importantes: o jogo de abertura da Copa e outros quatro na primeira fase, um nas Oitavas, um nas Quartas e a grande Final da Copa do Mundo de 2010.
5. Nelspruit
Mbombela (46.000)
Nelspruit é a menor cidade dentre todas as cidades-sede.
Caracterizada pelos sáfaris existentes lá, a cidade receberá apenas quatro jogos da primeira fase, o estádio Mbombela foi construído especialmente para a Copa.
Outro detalhe é que o significado da palavra Mbombela é: muita gente junta em um pequeno espaço.
6. Polokwane
Peter Mokaba (46.000)

A exemplo de Neslpruit, Polokwane receberá também quatro jogos da primeira fase e nada mais, o estádio também foi construído para a Copa e possui a mesma capacidade do Mbombela.
O interessante é o nome do estádio (Peter Mokaba), uma homenagem a um dos líderes da luta contra o Apertheid.
7. Porto Elizabeth
Nelson Mandela Bay Stadium (48.000)
Em relação ao nome do estádio dessa vez nem preciso falar nada, a homenagem é justíssima e é para o expoente máximo do país.
O estádio, bem moderno construído também para a Copa tem o formato da flor símbolo da África do Sul, a Protea, receberá oito jogos da copa: cinco na primeira fase, um nas Oitavas, um nas Quartas e a Decisão do 3º Lugar.
Porto Elizabeth é também um dos principais pontos turísticos da África do Sul.
8. Pretória
Lotus Versfeld (50.000)

Inaugurado em 1906, o estádio Lotus Versfeld é o mais antigo da Copa. Foi reformado para sediar a competição e receberá seis jogos: cinco na primeira fase e um nas Oitavas.
Capital do país, com mais de dois milhões de habitantes Pretória é a casa de outros dois grandes times sul africanos o Supersport, atual bicampeão nacional e o Mamelodi Sundowns, clube que possui um uniforme mutio parecido com o da Seleção Brasileira.
Foi o palco da abertura e da final da Copa das Confederações no ano passado.
9.Rustemburgo
Pra fechar o post, Rustemburgo.
Royal Bafokeng (42.000)

De todos os estádios da Copa é o que possui a menor capacidade, foi reformado para a Copa e receberá seis jogos do Mundial: cindo da primeira fase e um das Oitavas.
Rustemburgo é a sede do Platinum Stars, clube da primeira divisão sul-africana, o nome do time é uma consequencia da principal atividade econômica da cidade: Rustemburgo é a principal exploradora de platina do mundo.
No mês que vem tem mais Sawubona, com outras curiosidades e detalhes de todo o ambiente que cerca a principal competição de futebol do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: