Arquivo da categoria: Chicago Bulls

Playoffs 2009 – 2ª Semana

Fim de mais uma semana de Playoffs e as coisas estão ficando cada vez melhores, com praticamente todas as semi-finais decididas os candidatos ao título da Liga são cada vez menos e com muito mais basquete a apresentar.
Os três melhores jogos da semana:
É difícil ver jogos com tanta diferença no placar em Playoffs como esse.
E ao contrário do que muitos pensam não mostra uma possível fragilidade dos Hornets, não, na verdade o time comandado pelo ótimo CP3 é um bom time, que conta também com a experiência de Peja Stojakovic, além de David West e Tyson Chandler.
O que na verdade mostra é que os Nuggets enfim conseguiram chegar bem nos Playoffs e apesar dos Lakers serem os grandes favoritos a conquista do oeste, o time do brasileiro Nene também pode dar trabalho.
No jogo, pra variar, Carmelo Anthony foi o grande destaque do Denver com 26 pontos e 7 assistências, além de belas infiltrações e enterradas.
Essa é uma série de muita rivalidade.
Juntamente com os Rockets, Dallas e Spurs formam o eixo texano da NBA, são times que quase sempre estão marcando presença nos Playoffs e quase sempre são candidatos ao título.
Dessa vez dois deles se encontraram logo na primeira rodada da fase decisiva, e, depois de muito tempo sempre chegando pelo menos as semi-finais do oeste os Spurs de Tim Duncan e do francês Tony Parker dessa vez saiu na primeira rodada.
Esse foi o quinto e último jogo da série que o Dallas fechou por 4-1.
Os Mavericks desde o início mostraram muita disposição e a ausência de Manu Ginobili do lado adversário foi muito bem aproveitada.
O alemão Dirk Nowitzki foi o destaque da partida com 31 pontos e 9 rebotes.
Esse foi, com certeza, o jogo mais emocionante dos Playoffs 2009 até agora.
Após três prorrogações os Bulls conseguiram uam vantagem de um ponto e a vitória sobre os Celtics, estavam empatando a série em 3-3, fica registrado que ontem os Celtics, jogando em casa, conseguiram fechar a série em 4-3.
Mas no jogo de quinta, os Bulls mostraram porque deram tanto trabalho assim para os Celtics, muitos esperavam um 4-0 ou 4-1 na série, nunca um 4-3.
Pra se ter noção do que foi o jogo de quinta, veja quantos pontos fez Ray Allen: 51.
Além disso, o armador Rajon Rondo dos Celtics distribuiu nada mais, nada menos do que 19 assistências.
Do outro lado, John Salmons com 35 e Derrick Rose com 28 foram os maiores pontuadores, além deles Brad Miller com 23 pontos e 10 rebotes também teve contribuição efetiva na vitória.
E no final da terceira prorrogação uma enterrada do guerreiro Joakim Noah e um toco de Derrick Rose em Rajon Rondo selaram a vitória dos Bulls.
A única série da primeira rodada que ainda não terminou é Atlanta vs. Miami, empatada em 3-3, os times decidem quem vai pras semi-finais hoje, em Atlanta.
As semi-finais começam hoje, com Denver vs. Dallas, as séries estão assim:
Oeste
Los Angeles Lakers vs. Houston Rockets
Denver Nuggets vs. Dallas Mavericks
Leste
Cleveland Cavaliers vs. Atlanta/Miami
Boston celtics vs. Orlando Magic
Jogador da semana: Carmelo Anthony (Denver Nuggets)

Playoffs 2009 – 1ª semana


Chega ao fim a primeira semana dos Playoffs 2009, como de costume, os jogos estão pegando fogo, algumas surpresas, várias enterradas e muitas emoções.

Hoje destaco os que pra mim foram os três melhores jogos dessa primeira semana:
Foi o primeiro jogo da série, na Flórida, o Orlando Magic que fez uma campanha sólida durante a temproada regular dava a impressão de que passaria sem maiores dificuldades pelos Sixers de Iguodala e cia., porém não foi bem assim.
Em um jogo muito disputado, o resultado só foi decidido nos últimos segundos, e mesmo os 31 pontos e 16 rebotes de Dwight Howard não foram capazes de impedir Andre Iguodala fazer a cesta final, a 2 segundos do fim, o camisa 9 dos Sixers gingou pra cima de Hedo Turkoglu e com um longo chute de dois pontos levou o Philadelphia a contagem centenária e deixou o time da Pensivânia em vantagem na série, uma surpresa logo no segundo dia.
No outro post dos Playoffs já tinha falado dessa série, que começou muito bem com outra surpresa, a vitória dos Bulls em Massachussetes, e na segunda-feira, no segundo jogo da série, outro jogão, só que dessa vez os Celtics mostraram porque são os atuais campeões da NBA e venceram, mas pra quem pensa que foi fácil, está muito enganado.
Em um jogo recheado de cestas de 3 pontos, os Celtics conseguiram cubrir a ausência de KG com o triple-double de Rajon Rondo e as contribuições ofensivas de Glen Davis e Ray Allen em especial, este que, também a 2 segundos do fim, como Iguodala no jogo outro jogo que eu citei, decidiu a partida, a diferença é que o chute de Allen foi de 3 pontos, o camisa 20 arriscou e conseguiu dar a vitória aos Celtics. Apesar dos 42 pontos de Ben Gordon, dessa vez não deu para os Bulls.

Existem torcidas na NBA que são diferentes, especiais quando o assunto é Playoffs, a torcida dos Trail Blazers é uma dessas, e talvez por ter ficado algum tempo fora dessa fase decisiva voltou ainda mais fanática nesses Playoffs 2009.
Nem mesmo a derrota no primeiro jogo da série desanimou a torcida e o time que jogou esse segundo jogo com muita raça.
O jogo ficou marcado pela lesão do veteraníssimo pivô dos Rockets Dikembe Mutombo, o lendário camisa 55 depois de 18 anos de NBA deve encerrar a carreira agora.
E apesar da consistência do quinteto dos Rockets dessa vez prevaleceu a raça dos Blazers, comandados por Brandoy Roy que anotou 42 pontos e também com ajuda fundamental do double-double de LaMarcus Aldridge o Portland venceu e animou a série.

Até o momento as séries estão assim:
Cleveland Cavaliers 3 – 0 Detroit Pistons
Boston Celtics 2 – 1 Chicago Bulls
Orlando Magic 1 – 2 Philadelphia 76ers
Atlanta Hawks 1 – 2 Miami Heat
Los Angeles Lakers 3 – 1 Utah Jazz
Denver Nuggets 2 – 1 New Orleans Hornets
San Antonio Spurs 1 – 3 Dallas Mavericks
Portland Trail Blazers 1 – 2 Houston Rockets
Jogador da semana: LeBron James (Cleveland Cavaliers)

Playoffs!

Além do futebol que é um esporte que eu gosto demais, outro esporte que eu também admiro muito é o basquete.
Embora o basquete brasileiro não seja o mesmo de outrora, a NBB que está sendo disputada esse ano já mostra um avanço em relação ao ano passado por exemplo.
O Brasil tem uma história repleta de vitórias no Basquete, isso vem se manchando nos últimos anos, mas dá pra dar a volta por cima.
Mas também não é sobre esse assunto que eu vou falar nesse post, mas sim, sobre a maior liga de basquete do mundo, a tão badalada NBA.
Ontem a bola subiu para o início dos Playoffs, a fase decisiva da NBA.
De semana em semana vou colocar um post sobre o assunto.
Hoje, falo sobre um dos jogos de ontem: Boston Celtics 103-105 Chicago Bulls.
Muitos acham injusto o sistema de playoffs, ou mata-mata para os brasileiros, pode até ser, mas a emoção desses confrontos é ímpar e só em confrontos assim coisas como o que aconteceu ontem em Banknorth Garden podem acontecer.
O Chicago Bulls, sétimo colocado na Conferência Leste conseguiu uma importante vitória contra o segundo colocado e atual campeão da NBA, o Boston Celtics, e saiu na frente na série melhor de sete.
Sem contar com a presença de um dos seus principais jogadores, o ala Kevin Garnett, o Boston Celtics até teve boas atuações individuais, do armador Rajon Rondo e de outro astro do time, o ala Paul Pierce, marcaram 29 e 23 pontos, respectivamente.
Porém Pierce errou um lance livre a 2 segundos do fim do jogo fazendo com que a partida terminasse empatada em 97-97 e fosse para a prorrogação.
Na prorrogação os Bulls foram melhores e conseguiram a vitória por 2 pontos de diferença.
O destaque é o calouro Derrick Rose, primeira escolha do draft dessa temporada, ele levou o time nas costas durante a temporada regular e agora, no primeiro jogo da fase decisiva, ele simplesmente decidiu. Anotou 36 pontos e 11 assistências e ajudou os Bulls a fazerem história na liga, nem mesmo Michael Jordan conseguiu levar o Chicago a uma vitória contra os Celtics em um jogo de Playoffs.
Outros resultados da noite de abertura dos playoffs:
Detroit Pistons 84-102 Cleveland Cavaliers
Dallas Mavericks 105-97 San Antonio Spurs
Houston Rockets 108-81 Portland Trail Blazers
Jogador da noite: Derrick Rose (Chicago Bulls)