Arquivo da categoria: Chile

Os “acontecimentos” de outubro/2010

Chega ao fim o mês de outubro e talvez o grande “acontecimento” do mês está acontecendo.

Sim, me refiro ao segundo turno das Eleições no Brasil, do duelo entre Dilma e Serra. Porém isso vai ser tratado posteriormente no Un Quimera.

Pra hoje coloco dois “acontecimentos” não brasileiros, mas sul-americanos.

O Resgate dos mineiros no Chile


Esse foi um daqueles “acontecimentos” que serão lembrados por muito tempo. Com certeza o ano de 2010 vai ficar marcado por ele.

No dia 5 de agosto um acidente na mina San José, no deserto do Atacama no Chile, próxima da pequena cidade de Copiapó, soterrou 33 mineiros que trabalhavam ali.

Só depois de duas semanas é que uma sonda identificou que os mineiros estavam ali e aí começaram as medidas para buscar o resgate.

Depois de muito esforço e com ajuda até da Nasa (que teve influência direta na confecção da Fênix 2, cápsula que resgatou os mineiros), os mineiros foram enfim resgatados no dia 13 desse mês.

É interessante ressaltar que todos os 33 mineiros saíram com vida.

Mas além disso o que mais me chama atenção é a festa feita pela populações de Copiapó, com bandeiras, hinos e gritos, a cidade que é caracterizada por ser uma cidade de mineiros, foi palco perfeito para a emoção do povo chileno.

E também a imensa cobertura midiática. O resgate foi atração em várias TVs em todo mundo, o que mostra preocupação em veicular esse importante “acontecimento”, mas também um certo sensacionalismo, porém aí já é outra discussão.

Enfim, o resgate dos mineiros acaba sendo mais um “acontecimento” que teve como palco o Chile. Apesar da alegria de todos os mineiros saírem com vida, uma preocupação também fica evidente: terremotos, acidentes em minas, será tudo azar, coincidência ou falta um pouco de estrutura ao país de Pablo Neruda?

Morre Néstor Kirchner

No dia 27 faleceu em El Calafate, Patagônia, o ex-presidente argentino Néstor Kirchner.

Um “acontecimento” em todos os sentidos, pois envolve alguém que já influenciou muito a Argentina e que ainda influenciará, sua morte já traz influências políticas e sua figura dentro da Argentina ainda será muito lembrada.

Além de tudo, Néstor era marido da atual presidente argentina, Cristina Kirchner, que o sucedeu no posto.

Néstor foi eleito em primeiro turno em 2003, em meio ao turbilhão da crise que se instalava na Argentina, diferindo de seus predecessores no cargo, Néstor se mostrou mais sociável e preocupado com as classes mais baixas, isso lhe rendeu uma enorme popularidade e já começou a moldar o “kirchnerismo” que tem por base outro ismo, o “peronismo”.

Além de quitar a dívida externa argentina, Néstor também se alinhou com Hugo Chávez e Lula, buscando relações mais regionais para a Argentina.

Em 2007, Cristina assumiu a presidência e Néstor passou a exercer dentro do país uma função quase de primeiro ministro, e era o atual secretário-geral da UNASUL.

Desde 2004 vinha passando por alguns problemas de saúde e no dia 27 uma parada cardíaca foi o derradeiro problema, aos 60 anos Kirchner deixa a Argentina, faltando menos de um ano para as próximas Eleições no país, aliás, seu nome era cotado para a uma nova candidatura à presidência.

Com sua morte possivelmente Cristina será candidata à reeleição, e a confiança na força da figura de Néstor será, com certeza, uma das armas da atual presidente para a reeleição.

Dentro do povo argentino existe essa forte idolatria por certas figuras nacionais, Perón e Maradona são os principais, mas Kirchner talvez possa se tornar algo parecido, em menores escalas é claro, e com isso influenciar o jogo político no país do Tango.

É isso, em novembro o Un Quimera está de volta.

Os "acontecimentos" de fevereiro/2010


Chega ao fim o menor mês do ano e chega hora dos “acontecimentos”.
Um é até antigo, vem se desenrolando há algum tempo e já foi até tratado aqui no Un Quimera, o outro é super atual, aconteceu ontem e tamanha a importância dele já coloco aqui no post, vamos a eles:
Prisão de Arruda
Um dos “acontecimentos” de dezembro e 2009, foi o afastamento de José Roberto Arruda do governo do Distrito Federal, após acusações de corrupção investigadas na Operação Caixa de Pandora, Arruda foi afastado.
Depois disso as investigações continuaram acontecendo e nesse mês o ex-governador foi preso.
O motivo: participação na tentativa de suborno ao jornalista Edmilson Edson Santos, o Sombra.
Arruda e mais cinco envolvidos foram presos de maneira preventiva no dia 11 de fevereiro, foi a primeira vez na história do Brasil que um governador foi preso.
O Superior Tribunal de Justiça teve como fator preonderante para decretar a prisão de Arruda o episódio que flagrou o funcionário aposentado Antonio Bento da Silva entregando R$ 200 mil ao jornalista Edson Sombra.
Antonio Bento revelou que foi procurado por Rodrigo Arantes, sobrinho de Arruda, e convendio de intermediar a entrega do dinheiro, assessores de Arruda também declararam que Rodrigo só agiria a mando do governador.
Por tudo isso Arruda acabou preso. Seu advogado Nélio Machado tenta um habeas corpus, mas por enquanto Arruda está vendo o sol nascer quadrado.
No post de dezembro, em que me referi a este fato cheguei a dizer: agora é esperar o desenrolar disso e torcer pra que não acabe em pizza dessa vez.
Como as investigações continuaram e Arruda foi realmente preso, a pizza dessa vez não saiu do forno, acho importante ressaltar isso e continuar sempre ligado nesses casos.
Terremoto no Chile
Na madrugada de ontem algo extraordinário abalou o Chile.
Um terremoto de 8.8 graus na Escala Richter que teve epicentro na região central do país (Concepción) e atingiu praticamente todo o país.
Igrejas, prédios, pontes e construções foram destruídas e tremores foram sentidos até em países vizinhos, inclusive no Brasil.
A Argentina foi o país vizinho que mais sentiu o tremor, Paraguai, Peru e Brasil sentiram o tremor com menor intensidade.
A atual presidente chilena Michelle Bachelet declarou estado de catástrofe nas regiões de Maule, Bio Bio e La Araucanía.
O presidente eleito Sebástian Piñera declarou na tarde de ontem que até então pelo menos 122 mortes foram confirmadas, o número correto é ainda desconhecido devido a grande força do tremor.
Na Ilha Robinson Crusoé, situada na Costa Chilena ocorreu um tsunami e alertas de tsunami na Ilha de Páscoa e no Arquipélago do Havaí também foram dados.
É tudo muito alarmante e a repercussão disso tudo ainda vai dar muito o que falar, por enquanto o Un Quimera fica por aqui, fechando o segundo mês do ano com a segunda tragédia: primeiro no Haiti, agora no Chile.
Vale lembrar também que a magnitude do terremoto sofrido no Chile chega a ser de 32 vezes maior do que o sofrido pelo Haiti no mês passado.
*Fica a imagem com o mapa ilustrando as regiões mais atingidas pelo terremoto.