Arquivo da categoria: Coritiba

O triunfo do Trem Bala da Colina

Falo hoje da final da Copa do Brasil de 2011.

Depois de oito anos, o Vasco da Gama finalmente conseguiu voltar a conquistar um título (vamos combinar que por mais importante que tenha sido para o renascimento do Vasco, série B não é título).

E aproveitando o assunto série B, já entro diretamente na final da Copa do Brasil. Os finalistas, Vasco e Coritiba, são os últimos vencedores da série B, o Vasco em 2009 e o Coritiba em 2010. Isso mostra que ultimamente o futebol brasileiro vai se tornando cada vez mais equilibrado. Times que caem para a série B e sabem se organizar, fazer um planejamento e voltar para a elite do futebol (o caso de Vasco e Coritiba) voltam mais fortes. Não quero dizer com isso que a queda para a série B seja uma solução, como pensam muitos. O caso mais comum que aconteceu com tantos outros times é uma queda para série B e a permanância por lá, ou então até mesmo a queda para a série C.

Mas o assunto hoje é Copa do Brasil. Com méritos Vasco e Coritiba chegaram até a final. O Coritiba tendo seu ponto alto na goleada por 6 x0 sobre o Palmeiras nas semi-finais. A equipe paranaense não tem nenhum craque, nenhum nome de peso, mas um elenco bem compacto e que pode brigar no Brasileirão. Já o Vasco foi chegando de mansinho, fazendo bons resultados fora de casa e surpreendendo a muitos.

No primeiro jogo da final, o magro 1 x 0, gol de Alecsandro acabou fazendo a diferença.

Porque no jogo de volta, ontem, no Couto Pereira, o 3 x 2 para o Coritiba deu o título ao Vasco. Mas o jogo de ontem merece destaque. Se o nível técnico não foi dos melhores, quando o assunto foram as emoções, não faltaram. O gol do Vasco logo no início poderia fazer com que muitos pensassem que o jogo já tinha dono, mas o Coritiba reagiu e virou o jogo ainda no primeiro tempo. Faltava um gol. Na volta para o segundo tempo o jogo continuou brigado e num frango do goleiro Edson Bastos, Eder Luis fez o segundo gol cruzmaltino, dando tranquilidade para os cariocas novamente.

Tranquilidade essa que foi retirada num chutaço do volante Willian. 3 x 2 Coritiba com 22 minutos do segundo tempo. Mais um gol e o título ficaria no Paraná. O jogo continuou com muita emoção, com o Coritiba pressionando a todo instante, porém a defesa vascaína se segurou como deu e garantiu a primeira Copa do Brasil da história do Vasco.

Desde o Carioca de 2003 que o clube de Alecsandro, Felipe, Diego Souza, Dedé, Eder Luis e cia. não ganhava um título sequer. Volto a dizer isso porque nesses oito anos as zoações pra cima dos vascaínos não foram poucas, falo isso com autoridade pois sou flamenguista. A síndrome de vice perseguia o Vasco e parecia não querer ir embora nunca. Enfim foi com o título de ontem. Com mérito e determinação o Vasco sai da fila e garante vaga na Libertadores 2012. Com a volta de Juninho Pernambucano e a permanência desse elenco campeão, as expectativas são boas.

Mas, como bom flamenguista que sou, não posso deixar de dar aquela zoadinha de leve, escutei hoje de um vascaíno que o seu clube vinha sofrendo bullying pelos vices e mais vices, continuo o bullying dizendo que se Petkovic jogasse com a camisa do Coritiba ontem a história poderia ter sido diferente. E que se continuar no ritmo que está, o próximo título do Vasco virá em 2019.

Zoações a parte, o título é do Vasco. A primeira Copa do Brasil do Trem Bala da Colina.