Arquivo da categoria: Lionel Messi

Adiós Manchester!


O Estádio Olímpico de Roma foi palco de mais uma final da Liga dos Campeões da Europa, a maior competição de clubes do mundo.

E a decisão, além de marcar o duelo dos dois melhores times da temporada 2008/09, marcou também o duelo individual entre dois dos maiores jogadores da atualidade: Cristiano Ronaldo pelo lado do Manchester e Lionel Messi pelo lado do Barcelona.
O jogo começou com o Manchester no ataque, Fergunson entrou com Ronaldo, Rooney e Park na frente, Cristiano Ronaldo teve uma boa chance em uma falta logo no início.
E até os 10 minutos de jogo o Barça mal tinha passado do meio de campo, porém bastou isso acontecer uma vez que a história do jogo foi mudada: Iniesta, (um ótimo meio-campista catalão que garantiu a vaga do Barça nessa final, marcando o gol decisivo na semi-final contra o Chelsea) passou para Eto’o, que com muita categoria e velocidade tirou Vidic do lance e tocou consciente no canto de Van Der Sar, que ainda tentou defender, mas não dava, gol do Barcelona e a festa em azul-grená já se anunciava.
Depois disso, o resto do primeiro tempo foi equilibrado, o Barça soube jogar com o resultado favorável e Cristiano Ronaldo e cia. pareciam não conseguir mostrar o seu melhor futebol.
Na volta para o segundo tempo, Sir. Alex Fergunson arriscou, ao colocar Tevez no lugar de Anderson. O time inglês ficou um pouco desfigurado, jogando numa variação tática pouco usada durante toda a temporada e o Barça pareceu ganhar ainda mais confiança na etapa final.
Como o empate não vinha Fergunson colocou mais um atacante, o búlgaro Berbatov, era a última carta na manga dele, o time ficava com 4 atacantes em campo mas quem vencia ainda era o Barça.
E, aos 25 minutos, Xavi Hernández recebeu na direita fez ótimo cruzamente e Lionel Messi, de cabeça, sepultou de vez os Diabos Vermelhos. Van Der Sar não teve reação a cabeça do pequenino Messi, que, além do gol, fez um ótimo jogo coletivo, tentando sempre servir os companheiros, mas também partindo pra cima com dribles e finalizações, o gol serviu também para mostrar que vencia o duelo individual da noite.
Depois disso o Manchester continuou tentando, mas o Barça era comprovadamente superior, um lance isolado mostra muito bem como estava o jogo, aos 28 do segundo tempo, Puyol, sim, o zagueirão Puyol, que estava improvisado de lateral direito ontem, foi a linha de fundo, cortou Cristiano Ronaldo e sofreu a falta do português, o que se esperava era o contrário não é verdade?
Enfim, a equipe da Catalunha, comandada por Josep Guardiola termina talvez a melhor temporada de sua história.
Venceu a Copa do Rey com certa facilidade, foi campeão espanhol antecipadamente e conquistou a Liga dos Campeões.
É importante destacar o trabalho de Guardiola, ex-jogador do time está apenas na sua primeira temporada como treinador (começou muito bem!) e já conseguiu levar o Barça a todos esses títulos, vale lembrar que na final o Barça teve desfalques importantes como Rafa Márquez e Daniel Alves. Utilizando-se de muitos jogadores formados no clube como Sergio Busquets, Andrés Iniesta, Carles Puyol, Victor Váldez, Pedro Rodriguez etc., Guardiola mostrou que tem elenco e fez o inverso do que muitos treinadores europeus fazem, valorizou a base do time, lógico que com boas contratações também, mas veja o Manchester por exemplo, com exceção dos veteraníssimos Scholes e Giggs, quase todos os outros jogadores do elenco são estranegeiros.
Enfim, parabéns ao Barça por mais essa conquista, gostei de ver o jogo e a vitória catalã, mas é lógico que a vontade era de ver o Liverpool campeão, fica pra 2009/10.