Arquivo da categoria: Ana Cristina Arantes Luis

Palavras

Dia das mães? Poema de mãe, palavras de mãe…

PALAVRAS 

Tão difíceis de pronunciar
num adeus inevitável.
Tão bonitas e enriquecedoras
num agradecimento merecido.
Tão fortes e decisivas
num compromisso assumido
Tão supérfluas num ato de amor!

Palavras…
Tão frias e amargas
num julgamento falso.
Tão trêmulas e curtas
numa demissão repentina.

Palavras…
Tão exaltadas e ásperas
num momento inoportuno.
Tão calmas e educadas
num diálogo consciente.

Palavras…
Tão amigas
Num conselho carinhoso
Tão cheias de sabedoria
Na voz de um profeta!

Ana Cristina Arantes Luis

(In memorian)

Espera um pouco…

Espera aquela semente germinar,

um novo dia nascer,

aquela árvore produzir frutos.

Espera aquele abraço se repetir,

aquela visita que ainda não veio,

aquele segredo ser revelado.

Espera aquela construção se realizar,

aquele objetivo ser alcançado,

aquela estabilidade acontecer.

Espera mais um verão,

outro inverno,

muitas primaveras.

Espera aquela criança brincar,

aquele menino estudar,

aquele garoto crescer.

Espera um pouco…

Só mais um pouco!

Ana Cristina Arantes Luis

(In memorian)