Arquivo da categoria: Happiness is A Warm Gun

Happiness Is A Warm Gun

No mês passado falei sobre Tim Maia aqui no Un Quimera, pretendo pelo menos uma vez por mês colocar um post falando sobre música, algo que como já disse gosto muito, mas vale a pena repetir.
Hoje não vou falar de um cantor ou de uma banda em especial, mas sim de uma música.
Até porque, a banda que tocava essa música tem inúmeras músicas, melodias e histórias, não seria capaz de falar tudo sobre ela, me perderia logo, acho que isso seria trabalho para o “Grande Guila”.
Então falo especificamente de Happiness Is A Warm Gun, pra quem ainda não sabe a músicas é dos Beatles e está presente no “White Album” de 1968.
Essa música tem muita história, de verdade, não é clichê nem nada, a primeira vez que eu a escutei já senti algo diferente, falei: isso aqui sim é música!
Lendo a respeito descobri que a origem da música vem de uma revista que John Lennon folheava e que tinha uma propaganda de armas, Lennon acho interessante e resolveu fazer uma canção.
A princípio, o nome da música seria Happiness Is A Warm Gun In Your Hand, mas acabou sendo lançada sem o In Your Hand.
As nuances rítmicas da música são várias e muito interessantes, o começo é suave, o She’s not a girl who missses much é muito bom, depois de alguns versos, um solo curto e chegamos em I Need a Fix…, uma outra parte da música que já se diferencia do começo suave. Depois disso: Mother Superior Jump the Gun. Até chegar ao refrão, com outra variação rítmica e a inserção posterior de um trecho falado e do bang, bang, shoot, shoot.
As interpretações para a música também são diversas, acho interessante mesmo a corrente que acredita que a música foi composta por John fazendo alusão ao seu desejo sexual por Yoko Ono, o trecho When I hold you in my arms And I feel my finger on your trigger I know nobody can do me no harm Because Happiness Is A Warm Gun… compara Yoko ao revólver, acredito que seja por isso que o Warm apareça no título da canção e tenha o sentido de quente.
Também existe a galera que entende a música como alusão a heroína, sendo a Warm Gun uma seringa carregada.
Interpretações a parte um outro compositor muito bom se inspirou nessa canção para fazer outra canção. O compositor é Belchior (de quem falarei em breve também) e a música é Comentário a Respeito de John, onde Belchior concorda com John e em bom português dispara: A Felicidade É Uma Arma Quente sim!
Depois de falar tanto sobre a música é melhor ouvi-la: pra quem já conhece, relembra-la e ver se o entendimento sobre a música bate com o meu e pra quem ainda não conhece, escute! Você não vai se arrepender.
Dica também de ver esse vídeo:
Faz parte do longa “Across The Universe”, uma verdadeira homenagem aos Beatles, recomendo na verdade que assistam inteiro, mas essa parte do Happiness Is A Warm Gun é especial.
Só pra fechar o post, eis a letra completa:
She’s not a girl who misses much
Do do do do do do, oh yeah
She’s well acquainted with the touch of the velvet hand
Like a lizard on a window pane.
The man in the crowd with the multicoloured mirrors
On his hobnail boots
Lying with his eyes while his hands are busy
Working overtime
A soap impression of his wife which he ate
And donated to the Nation Trust.
I need a fix ‘cause I’m going down
Down to the bits that I left uptown
I need a fix cause I’m going down
Mother Superior jump the gun
Mother Superior jump the gun
Mother Superior jump the gun
Mother Superior jump the gun
Mother Superior jump the gun
Mother Superior jump the gun
Happiness Is A Warm Gun
Happiness Is A Warm Gun mama
When I hold you in my arms
And I feel my finger on your trigger
I know nobody can do me no harm
Because Happiness Is A Warm Gun mama
Happiness Is A Warm Gun
-Yes it is
Happiness Is A Warm
-Yes it is
Gun
Don’t you know that Happiness
Is A Warm Gun mama