Arquivo da categoria: Zé Ramalho

Versão para It Ain’t me babe

Robert Allen Zimmerman foi um cara que mudou muita coisa no cenário mundial da música,
desde a década de 60 até os dias de hoje ele compõe e canta músicas que vão do folk ao
blues, passando pelo pelo rock n’roll é claro.

Um dos maiores poetas do século XX, que une canções sentimentais e irônicas com canções
com espírito político e transformador. Além do característico estilo falado de cantar.

Bem, pra quem ainda não percebeu, Robert Allen Zimmerman é o verdadeiro nome de Mr. Bob
Dylan!

O cara influencia muito o meu gosto musical, depois que começei a escutar Dylan passei a
admirar mais o country e o folk estadunidense e descobri letras sensacionais.

O mega hit Like a Rolling Stone é uma perfeita aula de quem conhece muito bem o mundo pra
quem nunca saiu do conforto e mordomia.

Blowin’ in the Wind virou o hino de uma geração, o vento sopra e Dylan nos coloca perguntas
não muito fáceis de responder, como por exemplo o primeiro verso: How many roads must a man walk down, before you call him a man?

Positively 4th Street é perfeita pra você cantar pra aquele “amigo” que só quer te usar e
não dá valor em você.

E a longuíssima Hurricane então?

Dylan conta a história de um lutador de boxe (Rubin Carter) que, por causa da cor da sua
pele foi injustiçado e condenado a prisão, acusado de assassinato. Por expor literalmente
algumas das pessoas que participaram da injustiça como Paty Valentine por exemplo, Dylan
chegou a ser processado, mas valeu a pena, depois de muito tempo Rubin Carter foi libertado
e dizem que a música pode ter sido de grande ajuda para a sua libertação.

Bem, acho que ficaria citando exemplos de músicas do mestre Dylan aqui até acabar os
caracteres que tenho direito, então vamos ao que é importante…

Zé Ramalho (Avôhai) recentemente lançou um CD/DVD intitulado de “Tá Tudo Mudando” onde canta músicas de Bob Dylan, mas quase todas (exceção de If Not For You) em português, o paraibano dono daquela voz potente também é fã de Dylan e criou várias versões para canções do Bob.

Nessa onda de fã de Dylan deu vontade de fazer uma versão em português para uma de
suas músicas também.

A que eu escolhi foi It Ain’t Me, Babe, outro sucesso dylanesco interpretado magistralmente
pelo próprio Bob Dylan e também por outros cantores, desde de Johnny Cash (I walk the line) até Mallu Magalhães (Tchubaruba).

Aí vai:

Não Sou Eu, babe

Caia fora da minha vida
Vá na velocidade que quiser
Não sou eu quem você quer, babe
Não sou eu quem você precisa
Você diz que quer alguém
Que nunca fraqueje e seja sempre forte
Que te protega e te defenda
Quando estiver certa ou errada
Alguém que vá abrir todas as portas
Mas não sou eu, babe, não, não, não
Não sou eu, babe
Não sou eu esse alguém babe

Vá sem pressa pro abismo, babe
Vá sem pressa pro chão
Não sou eu quem você quer, babe
Eu só vou te magoar
Você diz que quer alguém
Que te prometa nunca ir embora
Alguém que feche os olhos por você,
Alguém que feche até o coração,
Alguém que morra por você e mais,
Mas não sou eu, babe, não, não, não
Não sou eu, babe
Não sou eu esse alguém

Vá sumir novamente na noite, babe
Tudo aqui dentro é de pedra
Não tem nada de bom aqui
Mas mesmo assim não estou sozinho
Você diz que quer alguém
Que vá te segurar quando cair,
Que vá te dar flores todo dia
E que virá sempre que você chamar,
Um amante pra toda vida e nada mais,
Mas não sou eu, babe, não, não, não
Não sou eu, babe
Não sou eu esse alguém