Arquivo da categoria: Playoffs

Restam 8 na NBA

Começo o mês de maio falando de NBA.

Os Playoffs já estão pegando fogo e hoje logo mais serão iniciados os jogos das semi-finais das conferências. Nem todos os meus palpites em relação aos jogos do 1º round deram certo, uma grande e boa surpresa rolou e agora chegamos às semi-finais. O post de hoje é pra falar um pouco dos jogos do 1º round e já dar os palpites sobre quem serão os finalistas de cada conferência.

Vou começar pela Conferência Leste. No duelo entre o primeiro e o oitavo colocados deu a lógica, os Bulls venceram os Pacers por 4-1, com Derrick Rose sendo o melhor jogador da série, nenhuma surpresa, e o interessante é ver que mesmo com a derrota os Pacers de certa reafirmaram sua tradição dentro da liga, voltando aos Playoffs.

Algo parecido aconteceu no duelo entre o segundo e o sétimo colocados. Também por 4-1, o segundo colocado Miami Heat bateu o Philadelphis 76ers, que depois de algum tempo voltou a disputar a fase decisiva da liga. A LeBron James e Dwyane Wade comandou a equipe da Flórida.

Boston e New York (3º e 6º colocados) protagonizaram a única série até agora que terminou em 4-0. O equilibrado time dos Celtics jogou tranquilo toda a série e venceu sem maiores dificuldades. Já os Knicks, um dos times mais badalados depois da chegada de Carmelo Anthony acabaram ficando pelo caminho, o time não conseguiu se acertar do meio da temporada pra cá, quem sabe na próxima temporada possa ser um candidato ao título.

E no último confronto do Leste, o quinto colocado Atlanta Hawks venceu o Orlando Magic por 4-2. A equipe de Al Horford e companhia soube jogar fora de casa e assegurando a vitória no jogo 1 trilhou com certa facilidade o caminho para a classificação, o Orlando não é mais o mesmo finalista de NBA de 2009. Ou seja, no Leste eu acertei todos os palpites.

Agora nas semi-finais teremos Chicago x Atlanta e Boston x Miami. Dois jogos interessantíssimos, acredito que haverá muito equilíbrio em ambos os confrontos, principalmente no segundo e tudo pode acontecer. Meus palpites serão os seguintes: Chicago com muito esforço passa pelo bom time dos Hawks e num jogo 7 com muita polêmica e ânimos exaltados, os Celtics passam pelo Miami. Chicago x Boston na final do Leste.

Falando agora do Oeste. É aqui que rolou a grande surpresa dessa NBA até agora. No duelo entre o primeiro colocado San Antonio Spurs e o oitavo colocado Memphis Grizzlies. Não escondo de ninguém a minha torcida pelos Grizzlies e fiquei realmente muito feliz com o desfecho dessa série. 4-2 para Zach Randolph e companhia e uma marca na história da NBA. Pela primeira vez em sua história os Grizzlies venceram uma partida de Playoffs, quando venceram o jogo 1 no Texas, já tirando a vantagem dos Spurs, depois foram outras três vitórias (todas em Memphis) e a classificação para as semi-finais, outro fator que vale ser citado é que desde os últimos jogos da temporada regular os Grizzlies não contam com um de seus principais jogadores, o ala Rudy Gay, mesmo assim fizeram uma ótima série contra os Spurs, mostrando a força do elenco, a volta de Shane Battier deu experiência à jovem equipe, os reservas Grivis Vasquez e Darrell Arthur foram de extrema importância e Zach Randolph foi o melhor jogador da série, no jogo 6 foi praticamente perfeito e assegurou a classificação.

No duelo entre o segundo e o sétimo colocados por um momento também se imaginou nova surpresa, mas os Lakers conseguiram virar a série, após sairem perdendo em pleno Staples Center e asseguraram a classificação vencendo a série por 4-2. No jogo 4 dessa série tivemos o grande lance desse primeiro round:

Essa enterrada de Kobe Bryant foi o marco da virada dos atuais campeões Lakers que seguem firme na defesa do título.

No duelo entre o terceiro e o sexto colocados, o Dallas Mavericks passou um aperto, mas com um bom basquete, comandado por Kidd e Nowitzki conseguiu a classificação vencendo a série também por 4-2. Vale exaltar a equipe de Oregon também, fez uma boa temporada regular e foi até onde deu nos Playoffs, é outro time que pode dar trabalho na próxima temporada.

E no último duelo do Oeste, Denver e Oklahoma City fizeram o único duelo que não terminou em 4-2, mas sim em 4-1, para a equipe de Durant e companhia. Os Nuggets não conseguiram impor seu jogo e acabaram virando presa para o Thunder.

Nas semi-finais os duelos serão: Memphis x Oklahoma City e Los Angeles Lakers x Dallas. A saída do San Antonio muda um pouco as coisas, afinal todos esperavam que essa equipe fosse se classificar, o duelo entre Memphis x Oklahoma City passa a ser a possibilidade dos Grizzlies conseguirem aumentar ainda mais a surpresa que estão sendo, já Lakers x Dallas é um duelo revestido de rivalidade, ambas as equipes foram figurinhas carimbadas de praticamente todos os Playoffs dessa última década, os Lakers inclusive são os atuais bi-campeões da liga, vai ser muito equilibrado. Meus palpites serão: Duelo equilibrado entre Memphis e Oklahoma City, e vitória dos Grizzlies novamente por 4-2, e os Lakers num jogo 7 disputadíssimo passam pelos Mavs. Grizzlies x Lakers na final do Oeste.

Dito isto agora é esperar pra ver como serão essas semi-finais, falo mais de NBA quando as finais chegarem.

Chegou a hora da verdade!

Volto a falar de NBA hoje no Un Quimera.

E por um bom motivo. Hoje a noite todos os 30 times da liga jogarão e encerrarão sua participação na temporada regular 2010-11.

Para 14 desses times será o último jogo. Só voltarão a jogar pra valer no fim de outubro.

Mas para os outros 16 times será apenas o último jogo da temporada regular. Pois eles disputarão os Playoffs, a fase final da liga, de onde sai o campeão.

O esquema dos Playoffs é simples, o 1° da Conferência Oeste encara o 8° da mesma conferência, o 2° pega o 7°, o 3° pega o 6° e o 4° pega o 5°, o mesmo vale para a Conferência Leste, os duelos ocorrem em no máximo 7 jogos, e o campeão do Oeste enfrenta o campeão no Leste na grande final da NBA.

Já falei sobre Playoffs e Finais de temporadas anteriores, esse ano pretendo dar uma visão geral desse fim de temporada regular e já soltar alguns pitacos para os Playoffs e quando achar necessário colocar um post ou outro falando sobre os confrontos da fase decisiva, certo mesmo é falar sobre as finais das conferências e a grande final da liga.

Dito isto passo a classificação no presente momento, no Leste já está tudo decidido, no Oeste ainda podem acontecer alterações no posicionamento dos times, mas também já estão decididos os oito classificados.

Justamente por isso começo a falar do Leste, onde teremos Chicago x Indiana, Miami x Philadelphia, Boston x New York e Orlando x Atlanta.

Espero muito de todos esses jogos. Começando por Chicago x Indiana, não dá pra esperar nada diferente de uma grande vantagem dos Bulls e a classificação fácil para as semi-finais do Leste. Aproveito a deixa para já falar em alto e bom som, Derrick Rose é pra mim o MVP da temporada, os Bulls com record 61-20 (e com grandes chances de fechar hoje, em cima dos Nets com 62-20) são os melhores da temporada regular ao lado dos Spurs, o jogo do Chicago foi evoluindo durante a temporada e parece estar chegando ao seu ápice nesse momento, Rose com certeza foi o principal responsável por isso, as companhias de Boozer, Deng, Noah também ajudaram muito, mas o camisa 1 merece destronar a dupla LeBron James e Kobe Bryant e ser o principal jogador da temporada.

No duelo entre Miami x Philadelphia também jogo com a lógica e aposto no Heat, mesmo não tendo feito a temporada espetacular que muitos esperavam, devido às vindas de James e Bosh, a equipe da Flórida conseguiu um bom record (57-24 até agora) e é superior aos Sixers, que conseguiram se classificar tranquilos, mas que dificilmente conseguirão essa vaga.

Boston x New York será talvez o melhor confronto dessa primeira fase de Playoffs. Os Celtics de algumas temporadas pra cá vêm conseguindo títulos e presenças em finais, o time é muito experiente e muito técnico, e ainda é um candidato ao título. Porém o badalado New York, que fez uma enorme troca no meio da temporada, adquirindo Carmelo Anthony e Chauncey Billups dos Nuggets, também parece querer esse título, apesar do inconstante record de 42-39 até agora. Vai ser pegado (espero jogo 7), mas aposto nos Celtics.

E pra fechar a Conferência Leste, Orlando x Atlanta. Assim como os Knicks, o Magic também se movimentou no mercado de transferências durante a temporada e talvez por isso não tenha conseguido encaixar bem um time como o finalista de 2008-09, a equipe da Flórida é forte, mas parece que não está pronta para o título. Já os Hawks vêm numa crescente e depois de se firmarem como um playoff team nas últimas temporadas, querem alçar vôos mais longos agora, nesse duelo aposto no time teoricamente perdedor, aposto no Atlanta.

Falando agora dos confrontos no Oeste, o serviço de palpites já começa mais cedo, pois como falei acima algumas posições ainda não estão definidas.

Os líder San Antonio, creio eu, enfrentará o New Orleans Hornets na primeira rodada dos Playoffs. Assim como no Leste, devido a ótima campanha do 1º colocado, não dá pra esperar nada diferente do que uma fácil classificação, apesar de alguns tropeços pouco comuns nesse fim de temporada os Spurs fizeram uma grande temporada e são fortes candidatos ao título.

A segunda posição deve ficar os Lakers e a sétima com os Grizzlies. Aqui abro um parentêses para falar um pouco mais do meu time. Os Grizzlies fizeram uma ótima segunda metade de temporada, o mais curioso de tudo é quem em boa parte dessa segunda metade de temporada, a equipe do Tennessee jogou sem seu principal jogador, Rudy Gay, que, machucado, também estará fora dos Playoffs. Esse ponto é fundamental na minha aposta nos Lakers, mas mesmo sem Gay, os Grizzlies com certeza darão muito trabalho aos atuais campeões da liga, não espero confrontos fáceis não, e fico na torcida para que minha aposta seja uma furada.

A terceira colocação deve ficar com Dallas que enfrentaria o sexto colocado Portland Trail Blazers. Duelo interessante, de duas equipes muito equilibradas, e mesmo com a vantagem dos Mavericks na temporada regular, minha aposta aqui fica com os Blazers.

E o último confronto seria entre o Oklahoma City Thunder e o Denver Nuggets. Outro confronto que vai pegar fogo (espero jogo 7) e aqui mais uma vez aposto na equipe de baixo, acho que os Nuggets, mesmo remodelados depois da saída de Anthony, ficam com a vaga para as semi-finais do Oeste.

Pra fechar acho que vale falar um pouco também dos times que não foram tão bem e acabaram ficando fora dos Playoffs, as horríveis campanhas de Cleveland, Minnesota, Toronto, Sacramento, Washington e New Jersey são lamentáveis, o que vale destacar é que alguns desses times contam com grandes jogadores da liga, como Derron Williams, recém-transferido para os Nets, Kevin Love, um dos melhores alas da liga e o calouro John Wall.

Por falar em calouros, o melhor da temporada, na minha opinião, está em outro time que não foi nada bem, os Clippers. Ele é Blake Griffin, vencedor do concurso de enterradas, o camisa 32 enterrou muito também em jogos e se mostrou um jogador de  um futuro brilhante.

Num panorama bem geral acho que é isso. Agora é esperar os Playoffs realmente começarem e aos poucos ir colocando minhas impressões por aqui.

NBA Finals

O Un Quimera não postou nada sobre a 5ª e a 6ª semana dos Playoffs.
Mas volta agora com um post preview das tão esperadas Finais da NBA.
O campeão do oeste, Los Angeles Lakers contra o campeão do leste Orlando Magic.
Uma pequena análise dos dois times:
LOS ANGELES LAKERS (65-17)
Time
Os Lakers têm muita história e muitos títulos na NBA.
A franquia foi fundada em 1946, e começou na cidade de Detroit, como Detroit Gems, no ano seguinte mudou-se para Minneapolis, onde adotou o nome de Minneapolis Lakers e já começou sua história vitoriosa de títulos, conquistando 5 títulos como Minneapolis Lakers. Em 1960 mais
uma mudança, dessa vez para transformar-se em Los Angeles Lakers. Depois dessa mudança a equipe adquiriu muita popularidade e mais 9 títulos, totalizando 14.
Depois dos vices em 2004 e 2008, os Lakers buscam agora o seu 15º título.
Playoffs
Durante os Playoffs os Lakers tiveram uma trajetória talvez mais complicada do que se esperava.
Depois de um tranquilo 4-1 sobre o Utah Jazz na primeira rodada, o duelo contra os Rockets nas semi-finais do Oeste chegou a assustar a equipe californiana, um 4-3 histórico recheado de polêmica e confusões, destacando-se o duelo particular entre Artest e Bryant.
Na final do Oeste o duelo dos dois melhores times literalmente, e o basquete dos Lakers prevaleceu sobre os Nuggets, fechando a série em 4-2.
O Astro 
Com média de 29.6 pontos, 5.3 rebotes e 4.9 assitências por jogo nos Playoffs 2009, Kobe Bryant é o principal jogador dos Lakers, apesar de já ter chegado a 12 anos de NBA, o camisa 24 parece ser um jovem jogador quando se diz respeito a parte física, mas toda a experiência adquirida nesses 12 anos fazem de Bryant um jogador ainda melhor, MVP da temporada passada, disputou o prêmio com LeBron nessa temporada, mas acabou perdendo.
ORLANDO MAGIC (59-23)
Time
O Orlando Magic não tem tanta história assim como o seu adversário nessas Finais.
Fundado em 1989, ainda não tem nenhum título da Liga. O máximo que conseguiu até hoje foi o título da Conferência Leste, em 1995, fato que se repetiu nessa temporada, o que dá direito a equipe da Flórida de disputar mais uma final de NBA.
Playoffs
Desde o início o Magic sabia que sua trajetória nos Playoffs não seria nada fácil, afinal, possivelmente iria ter que passar os favoritos Celtics e Cavs para chegar as Finais.
Pois bem, logo na primeira rodada surgiram as dificuldades, favorito no confronto contra os Sixers, o time de Orlando não teve vida fácil nessa série e depois de muito suor venceu por 4-2.
Aí vieram os favoritos, nas semi-finais foi a vez do Boston, mais uma série disputadíssima que, assim como ns série entre Lakers e Rockets teve jogo 7.
Na final do Leste, o duelo contra o então imbatível nos Playoffs, Cleveland Cavaliers. Com um basquete consistente e de muita raça o Magic fez 4-2 e avançou as Finais.
O Astro
Com média de 21.7 pontos, 15.4 rebotes e 1.8 assistências por jogo nos Playoffs 2009, D12 é a arma principal de Orlando para vencer a NBA. Ainda jovem (com apenas 4 anos de NBA) Howard possui uma força física descomunal, mas não é baseado somente na força física o seu basquete, inteligente, o ala-pivô é um dos melhores jogadores de sua geração. Basta ver por exemplo o jogo 6 da final do Leste contra os Cavs, Howard anotou 40 pontos e pegou 14 rebotes.
Bem, o meu favorito para essas Finais é o Los Angeles Lakers.
Além de contar com a vantagem de decidir em casa, o time californiano adquiriu experiência depois da derrota nas Finais da última temporada frente o Boston Celtics. Conta com o astro Kobe Bryant, um time equilibrado e um tal de Phil Jackson no banco.
Porém, não vai ser nem um pouco fácil, o Orlando também tem uma equipe muito forte e passar por Boston e Cleveland não é pra qualquer um, principalmente pelo Cleveland, do MVP LeBron James.

Playoffs 2009 – 4ª Semana


Está chegando a hora das finais das conferências.

Restam dois emocionantes jogos 7 hoje a noite para as conferências Leste e Oeste conheçam seus finalistas.
Os três melhores jogos da semana:
No Leste a disputa é sempre quente.
Boston e Orlando vão fazer hoje o jogo 7, mas falo do jogo 4 dessa série, onde Boston empatou a série em 2-2.
Lewis e Howard (principalmente o segundo, que anotou 23 pontos e 17 rebotes) foram os destaques da equipe da Flórida.
Pelo lado dos atuais campeões da NBA, Pierce e Rondo se destacaram, mas o grande nome do jogo foi o “Big Baby” Glen Davis, o camisa 11 dos Celtics foi quem decidiu o jogo.
Foi um legítimo “Buzzer Beater”, quando a bola caiu, as luzes da tabela se acenderam, a festa dos Celtics foi grande, é bom destacar que a equipe de Massachussetes não conta com o seu principal jogador, Kevin Garnett, vem jogando os Playoffs sem ele e outras peças do elenco, como Glen Davis or exemplo, vão tentando suprir a falta de KG com muita raça e vontade.
Apesar dos Nuggets já terem liquidado a série em 4-1, esse jogo que foi justamente o da úncia vitória dos Mavs, talvez tenha sido o melhor da série.
Já que estamos no oeste e, melhor ainda, no Texas, nada mais adequado do que comparar o duelo entre Carmelo Anthony e Dirk Nowitzki com um duelo de cowboys do Velho Oeste.
Cada chute de três, cada rebote, cada boa jogada era como um tiro, no fim, prevaleceu o calibre do alemão Nowitzki que anotou 44 pontos e 13 rebotes contra 41 pontos e 11 rebotes de Anthony.
Os Nuggets seguem forte para a final do Oeste, seja Lakers ou Rockets, vão enfrentar um ótimo adversário que vem crescendo muito nos Playoffs.
Por falar em Lakers e Rockets…
Esse foi o jogo 5, um jogo que destoou dos outros desta equilibrada série.
Um avassalador Lakers passou por cima dos Rockets e com esse enorme diferença de 40 pontos venceu, e, a essa altura abria 3-2, porém a equipe do Texas empatou a série no jogo 6, e hoje tem um jogo 7 que promete.
Nesse jogo em questão, a dupla Bryant-Gasol funcionou bem e comandou o time de LA na vitória.
A bola de Houston não caia: Landry, Brooks, Scola e Artest, os principais pontuadores desse time (Yao Ming também entraria nessa lista, mas está fora) não conseguiram fazer tudo o que fizeram nos outros jogos da série.
Como já falei, hoje temos jogo 7 entre Orlando – Boston e Houston – Lakers.
Os vencedores enfrentam os já classificados Cleveland Cavaliers e Denver Nuggets.
Jogador da Semana: Kobe Bryant (Los Angeles Lakers)

Playoffs 2009 – 3ª Semana

A NBA vai afunilando cada vez mais, estamos na fase de semi-finais das conferências, com duas séries praticamente decididas, e com outras duas muito equilibradas.
Os jogões da semana:
Um dia após ter sido eleito o MVP da temporada regular, LeBron James provou que não é a toa que ele foi eleito.
Com 34 pontos e 10 rebotes, ele comandou os Cavs nesse que foi o jogo 1 da série que hoje já está em 3-0 para o Cleveland, o detalhe é que na primeira rodada os Cavs passaram pelos Pistons com um 4-0, ou seja, o time do MVP da temporada ainda não perdeu nos playoffs.
Além de LeBron, Mo Williams, com 21 pontos, também teve papel importante nesse jogo. Pelo lado dos Hawks, Josh Smith e Mike Bibby bem que tentaram, mas a superioridade era dos donos da casa.
Talvez a série mais tensa dessas semi-finais, o duelo particular entre Ron Artest e Kobe Bryant está pegando fogo e as duas equipes vão no embalo de seus líderes.
Os Rockets venceram no Staples Center o jogo 1 e aí nesse segundo jogo Kobe Bryant mostrou que está disporto a reverter isso e ser campeão da Liga mais uma vez.
Com expressivos 40 pontos, o camisa 24 dos Lakers comandou seu time, que, também com a ajuda dos 22 pontos e 14 rebotes do espanhol Pau Gasol empatou a série nesse jogo 2.
Esse jogo ficou marcado por uma cotovelada de Derek Fisher em Luis Scola, e também pelo incidente envolvendo os rivais Artest e Bryant no último quarto, acirrando ainda mais a disputa, mesmo com a lesão de Yao Ming, a série promete continuar equilibrada até o fim.

Sábado – 09/05 – Denver Nuggets 106-105 Dallas Mavericks

Esta série, assim como Cleveland vs. Atlanta está praticamente decidida.
Os Nuggets de Billups e Anthony e também do brasileiro Nene fizeram 3 – 0 nos Mavericks de Nowitzki e Kidd ontem, em Dallas, em um jogo equilibrado.
Pelo lado dos donos da casa, Dirk Nowtzki, com 33 pontos e 16 rebotes foi o principal destaque, já o destaque dos visitantes teria poderia até ter sido o seu cestinha, Chauncey Billups que anotou 32 pontos, mas foi Carmelo Anthony, que fez 31, mas entre esses 31 pontos, 3 foram marcados a segundo do fim do jogo, os Mavs chegaram a estar vencendo por 105-101, e com essa última cesta de Anthony o jogo terminou 106-105.
Depois do jogo, também teve muita confusão, Josh Howard era um dos mais exaltados. Fase final de NBA é isso, pura emoção: no pain, no gain!
As semi-finais estão assim:
Oeste
Los Angeles Lakers 2 – 1 Houston Rockets
Denver Nuggets 3 – 0 Dallas Mavericks
Leste
Cleveland Cavaliers 3 – 0 Atlanta Hawks
Boston Celtics 1 – 2 Orlando Magic
Jogador da semana: LeBron James (Cleveland Cavaliers)

Playoffs 2009 – 2ª Semana

Fim de mais uma semana de Playoffs e as coisas estão ficando cada vez melhores, com praticamente todas as semi-finais decididas os candidatos ao título da Liga são cada vez menos e com muito mais basquete a apresentar.
Os três melhores jogos da semana:
É difícil ver jogos com tanta diferença no placar em Playoffs como esse.
E ao contrário do que muitos pensam não mostra uma possível fragilidade dos Hornets, não, na verdade o time comandado pelo ótimo CP3 é um bom time, que conta também com a experiência de Peja Stojakovic, além de David West e Tyson Chandler.
O que na verdade mostra é que os Nuggets enfim conseguiram chegar bem nos Playoffs e apesar dos Lakers serem os grandes favoritos a conquista do oeste, o time do brasileiro Nene também pode dar trabalho.
No jogo, pra variar, Carmelo Anthony foi o grande destaque do Denver com 26 pontos e 7 assistências, além de belas infiltrações e enterradas.
Essa é uma série de muita rivalidade.
Juntamente com os Rockets, Dallas e Spurs formam o eixo texano da NBA, são times que quase sempre estão marcando presença nos Playoffs e quase sempre são candidatos ao título.
Dessa vez dois deles se encontraram logo na primeira rodada da fase decisiva, e, depois de muito tempo sempre chegando pelo menos as semi-finais do oeste os Spurs de Tim Duncan e do francês Tony Parker dessa vez saiu na primeira rodada.
Esse foi o quinto e último jogo da série que o Dallas fechou por 4-1.
Os Mavericks desde o início mostraram muita disposição e a ausência de Manu Ginobili do lado adversário foi muito bem aproveitada.
O alemão Dirk Nowitzki foi o destaque da partida com 31 pontos e 9 rebotes.
Esse foi, com certeza, o jogo mais emocionante dos Playoffs 2009 até agora.
Após três prorrogações os Bulls conseguiram uam vantagem de um ponto e a vitória sobre os Celtics, estavam empatando a série em 3-3, fica registrado que ontem os Celtics, jogando em casa, conseguiram fechar a série em 4-3.
Mas no jogo de quinta, os Bulls mostraram porque deram tanto trabalho assim para os Celtics, muitos esperavam um 4-0 ou 4-1 na série, nunca um 4-3.
Pra se ter noção do que foi o jogo de quinta, veja quantos pontos fez Ray Allen: 51.
Além disso, o armador Rajon Rondo dos Celtics distribuiu nada mais, nada menos do que 19 assistências.
Do outro lado, John Salmons com 35 e Derrick Rose com 28 foram os maiores pontuadores, além deles Brad Miller com 23 pontos e 10 rebotes também teve contribuição efetiva na vitória.
E no final da terceira prorrogação uma enterrada do guerreiro Joakim Noah e um toco de Derrick Rose em Rajon Rondo selaram a vitória dos Bulls.
A única série da primeira rodada que ainda não terminou é Atlanta vs. Miami, empatada em 3-3, os times decidem quem vai pras semi-finais hoje, em Atlanta.
As semi-finais começam hoje, com Denver vs. Dallas, as séries estão assim:
Oeste
Los Angeles Lakers vs. Houston Rockets
Denver Nuggets vs. Dallas Mavericks
Leste
Cleveland Cavaliers vs. Atlanta/Miami
Boston celtics vs. Orlando Magic
Jogador da semana: Carmelo Anthony (Denver Nuggets)

Playoffs 2009 – 1ª semana


Chega ao fim a primeira semana dos Playoffs 2009, como de costume, os jogos estão pegando fogo, algumas surpresas, várias enterradas e muitas emoções.

Hoje destaco os que pra mim foram os três melhores jogos dessa primeira semana:
Foi o primeiro jogo da série, na Flórida, o Orlando Magic que fez uma campanha sólida durante a temproada regular dava a impressão de que passaria sem maiores dificuldades pelos Sixers de Iguodala e cia., porém não foi bem assim.
Em um jogo muito disputado, o resultado só foi decidido nos últimos segundos, e mesmo os 31 pontos e 16 rebotes de Dwight Howard não foram capazes de impedir Andre Iguodala fazer a cesta final, a 2 segundos do fim, o camisa 9 dos Sixers gingou pra cima de Hedo Turkoglu e com um longo chute de dois pontos levou o Philadelphia a contagem centenária e deixou o time da Pensivânia em vantagem na série, uma surpresa logo no segundo dia.
No outro post dos Playoffs já tinha falado dessa série, que começou muito bem com outra surpresa, a vitória dos Bulls em Massachussetes, e na segunda-feira, no segundo jogo da série, outro jogão, só que dessa vez os Celtics mostraram porque são os atuais campeões da NBA e venceram, mas pra quem pensa que foi fácil, está muito enganado.
Em um jogo recheado de cestas de 3 pontos, os Celtics conseguiram cubrir a ausência de KG com o triple-double de Rajon Rondo e as contribuições ofensivas de Glen Davis e Ray Allen em especial, este que, também a 2 segundos do fim, como Iguodala no jogo outro jogo que eu citei, decidiu a partida, a diferença é que o chute de Allen foi de 3 pontos, o camisa 20 arriscou e conseguiu dar a vitória aos Celtics. Apesar dos 42 pontos de Ben Gordon, dessa vez não deu para os Bulls.

Existem torcidas na NBA que são diferentes, especiais quando o assunto é Playoffs, a torcida dos Trail Blazers é uma dessas, e talvez por ter ficado algum tempo fora dessa fase decisiva voltou ainda mais fanática nesses Playoffs 2009.
Nem mesmo a derrota no primeiro jogo da série desanimou a torcida e o time que jogou esse segundo jogo com muita raça.
O jogo ficou marcado pela lesão do veteraníssimo pivô dos Rockets Dikembe Mutombo, o lendário camisa 55 depois de 18 anos de NBA deve encerrar a carreira agora.
E apesar da consistência do quinteto dos Rockets dessa vez prevaleceu a raça dos Blazers, comandados por Brandoy Roy que anotou 42 pontos e também com ajuda fundamental do double-double de LaMarcus Aldridge o Portland venceu e animou a série.

Até o momento as séries estão assim:
Cleveland Cavaliers 3 – 0 Detroit Pistons
Boston Celtics 2 – 1 Chicago Bulls
Orlando Magic 1 – 2 Philadelphia 76ers
Atlanta Hawks 1 – 2 Miami Heat
Los Angeles Lakers 3 – 1 Utah Jazz
Denver Nuggets 2 – 1 New Orleans Hornets
San Antonio Spurs 1 – 3 Dallas Mavericks
Portland Trail Blazers 1 – 2 Houston Rockets
Jogador da semana: LeBron James (Cleveland Cavaliers)

Playoffs!

Além do futebol que é um esporte que eu gosto demais, outro esporte que eu também admiro muito é o basquete.
Embora o basquete brasileiro não seja o mesmo de outrora, a NBB que está sendo disputada esse ano já mostra um avanço em relação ao ano passado por exemplo.
O Brasil tem uma história repleta de vitórias no Basquete, isso vem se manchando nos últimos anos, mas dá pra dar a volta por cima.
Mas também não é sobre esse assunto que eu vou falar nesse post, mas sim, sobre a maior liga de basquete do mundo, a tão badalada NBA.
Ontem a bola subiu para o início dos Playoffs, a fase decisiva da NBA.
De semana em semana vou colocar um post sobre o assunto.
Hoje, falo sobre um dos jogos de ontem: Boston Celtics 103-105 Chicago Bulls.
Muitos acham injusto o sistema de playoffs, ou mata-mata para os brasileiros, pode até ser, mas a emoção desses confrontos é ímpar e só em confrontos assim coisas como o que aconteceu ontem em Banknorth Garden podem acontecer.
O Chicago Bulls, sétimo colocado na Conferência Leste conseguiu uma importante vitória contra o segundo colocado e atual campeão da NBA, o Boston Celtics, e saiu na frente na série melhor de sete.
Sem contar com a presença de um dos seus principais jogadores, o ala Kevin Garnett, o Boston Celtics até teve boas atuações individuais, do armador Rajon Rondo e de outro astro do time, o ala Paul Pierce, marcaram 29 e 23 pontos, respectivamente.
Porém Pierce errou um lance livre a 2 segundos do fim do jogo fazendo com que a partida terminasse empatada em 97-97 e fosse para a prorrogação.
Na prorrogação os Bulls foram melhores e conseguiram a vitória por 2 pontos de diferença.
O destaque é o calouro Derrick Rose, primeira escolha do draft dessa temporada, ele levou o time nas costas durante a temporada regular e agora, no primeiro jogo da fase decisiva, ele simplesmente decidiu. Anotou 36 pontos e 11 assistências e ajudou os Bulls a fazerem história na liga, nem mesmo Michael Jordan conseguiu levar o Chicago a uma vitória contra os Celtics em um jogo de Playoffs.
Outros resultados da noite de abertura dos playoffs:
Detroit Pistons 84-102 Cleveland Cavaliers
Dallas Mavericks 105-97 San Antonio Spurs
Houston Rockets 108-81 Portland Trail Blazers
Jogador da noite: Derrick Rose (Chicago Bulls)