Arquivo da categoria: Napoli

This Is Anfield!

Depois de muito tempo volto a falar do Liverpool no Un Quimera, e depois de mais tempo ainda volto a falar de um Liverpool jogando bem, vencendo e convencendo.

Primeiramente queria deixar claro que não sou aquele tipo de torcedor modinha, até porque o Liverpool em si não é modinha (como Chelsea e afins…), mas é bem melhor falar das vitórias do que das derrotas dos Reds.

O engraçado é que se isso fosse escrito uma semana atrás pra muitos seria até estranho: boa fase no Liverpool? Até então o time vinha mal na Premier League (próximo à zona de rebaixamento) e sem nenhuma atuação convincente pela Liga Europa.

Mas em uma semana tudo mudou. Foram 2 jogos e 2 vitórias, ambas em Anfield Road.

Quinta-feira, 04/11 – Liga Europa – Anfield Road

Liverpool 3 x 1 Napoli

Tudo começou no jogo do meio da semana pela Liga Europa.

Num primeiro tempo que chegou a assustar a torcida do Liverpool, o Napoli foi melhor e depois de uma falha do volante dinamarquês Poulsen saiu na frente com gol de seu melhor jogador: Ezequiel Lavezzi.

O time vermelho no primeiro tempo não conseguia se encontrar, Pouslen e Spearing estavam mal a frente da zaga e o ataque não conseguia criar nenhuma jogada mais incisiva.

Mas na volta para o segundo tempo as coisas mudaram.

Os Reds pressionaram mais, principalmente com Shelvey e Gerrard e os Azzurris foram ficando acuados, a aposta do Liverpool era em cima de possíveis erros do Napoli.

Erros que aconteceram. Dossena recuou mal uma bola para o goleiro De Sanctis e antes que ele pudesse pensar em o que fazer com a bola apareceu Steven Gerrard, dividindo e mandando a bola pra dentro do gol, era o empate vermelho, já tardio, aos 30 minutos.

O momento era do Liverpool, as entradas de Lucas e Eccleston melhoraram ainda mais o time e não demorou muito pra sair a virada. Pênalti para o Liverpool aos 41 e mais um gol do capitão Gerrard, cobrança perfeita.

E pra fechar o jogo e fazer Anfield explodir de vez, aos 43 minutos, Lucas roubou bola no meio, serviu Gerrard e o camisa 8 com muita categoria apenas deu um toquinho por cima do goleiro De Sanctis que já não tinha mais o que fazer.

Vitória maiúscula do Liverpool que assegura a primeira colocação do Grupo K da Liga Europa.

Domingo, 07/11 – Premier League – Anfield Road

Liverpool 2 x 0 Chelsea

Mas se na Liga Europa estava tudo as mil maravilhas na Premier League era situação não era das melhores, e confronto era contra o atual campeão e líder Chelsea.

O jogo foi marcado pela volta de Dirk Kuyt ao Liverpool, o holandês estava machucado e sua volta para o jogo de ontem fez toda diferença.

O jogo começou com o Liverpool fazendo valer o mando de campo e pressionando a equipe londrina. Logo aos 10 minutos Dirk Kuyt recebeu uma bola na intermediária e deixou Fernando Torres na cara de Cech, o camisa 9 não quis ser o Fernando Torres de ultimamente, relembrou o Torres de outros tempos e fuzilou, era o primeiro gol do Liverpool, que deixava Anfield em êxtase e o Chelsea em desespero.

Após o gol a tônica do jogo continuava a mesma, nem parecia que era o líder contra um dos últimos colocados, a situação parecia ser inversa, o Liverpool dominava completamente o jogo, com Lucas e Gerrard quase perfeitos no meio e Meireles, Maxi e Kuyt um pouco mais a frente fazendo uma interessante troca de posições, além, é claro, de El Niño Torres que vai voltando a jogar seu ótimo futebol de outrora.

No fim do primeiro tempo isso foi mais uma vez comprovado. Após jogada de Raul Meireles, Fernando Torres recebeu na esquerda, puxou pro meio e deixou Petr Cech PARADO, apenas observando a bola morrer no fundo do gol do Chelsea, era o segundo do Liverpool, o segundo de Torres.

No segundo tempo as coisas mudaram um pouco, o Chelsea melhorou e tentou diminuir o placar, mas aí foi a vez da defesa do Liverpool também se mostrar forte, principalmente o goleiro Pepe Reina, que salvou bolas perigosíssimas, de Malouda e Anelka.

O placar do primeiro tempo se manteve até o fim do jogo e o Liverpool agora chega a 9ª posição na tábua de classificação da Premier League, trilhando o caminho em busca da volta pelo menos à Liga dos Campeões.

Vale destacar a atuação do brasileiro Lucas, um gigante dentro de campo e também a ótima volta de Kuyt e os gols de Fernando Torres.

Se na quinta Gerrard marcou 3 gols e decidiu, ontem foi a vez de Torres guardar 2 e também decidir. Essa dupla é o que de melhor o Liverpool tem e andava meio apagada nos últimos tempos, não é atoa que esse ressurgimento vermelho se deve à melhora dos dois.

Agora é continuar acompanhando a temporada, e agora com muito mais esperança em títulos, que podem sim chegar à Anfield nessa temporada.