Le Rouge et Le Noir #15

Hoje é dia de post da futebolística série Le Rouge et Le Noir.

Como de costume coloco aqui o texto que publiquei hoje no Confio no Mengão. Falo um pouco sobre o atual momento rubro-negro, que, querendo ou não, já ficou marcado pelo inacreditável empate contra o Olimpia na última quinta. Além disso falo sobre um assunto que, curiosamente, também falei sobre no ano passado, exatamente no mês de março. É sobre uma possível nova volta de Adriano ao Flamengo, diferente do ano passado, quando dediquei um post só pra isso, esse ano eu fui bem direto ao assunto, no fim do texto que aí está:

Transição

Acredito que transição talvez seja a palavra que melhor defina o atual momento do Flamengo.

Sim, é verdade que já faz um tempo que Luxemburgo saiu e Joel entrou, mas insisto que tanto o time quanto o estilo de jogo de Joel ainda não foram de fato implantados no Flamengo.

Depois de uma eliminação nas semi-finais da Taça GB e do primeiro turno da fase de grupos da Libertadores (com um desfecho melancólico no inacreditável empate por 3 x 3 contra o Olimpia no Engenhão na última quinta), o que eu vejo é um time ainda sem uma cara definida, sem um estilo de jogo característico, quer dizer, ainda estamos em uma transição da Era Luxa para a Era Joel.

Aí podem perguntar: pô, então quer dizer que você acha que esse time do Joel tá mal? Que não dá pra ter esperança nenhuma em relação ao Carioca e à Libertadores? Não, eu não acho isso. Pelo contrário.

Essa mesma falta de identidade que eu vejo no atual time do Joel eu vi, durante praticamente todo o ano passado, o time de Luxemburgo, apesar de ter vivido bons momentos como o título carioca invicto e o primeiro turno do Brasileirão quase invicto e com algumas boas atuações, nunca teve uma cara, era um time muito inconstante e sempre foi assim.

O atual time já parece mostrar algumas diferenças. Como eu disse, não vejo ele ainda com uma identidade, mas vejo ele em busca disso. Apesar do lamentável empate contra o Olimpia na última quinta, aquele jogo foi talvez o melhor jogo do Flamengo na Era Joel, até o momento em que o time todo resolveu parar de jogar e apenas assistir a equipe paraguaia jogar e fazer 3 gols em quinze minutos.

De qualquer forma, como bem disse o Jean, penso ter sido bem melhor dar essa bobeira agora, na fase de grupos e já se precaver contra uma possível repetição, do que ver isso acontecendo no mata-mata.

Enfim, vejo o atual momento como um momento de transição e muita indecisão, apesar de ainda existirem muitos problemas estou bem confiante com esse time do Joel.

Pra finalizar o texto, não poderia deixar de falar do grande assunto do Flamengo nos últimos dias, assunto esse que está fora das quatro linhas. Sim, falo do possível retorno de Adriano à Gávea.

Depois de rescindir com o Corinthians o Imperador já surge como uma possível novidade no Flamengo e, como de costume, atrai a atenção de grande parte da imprensa e da torcida. Sinceramente, eu ainda acho que jogando bola de verdade o Adriano ainda é um dos melhores atacantes do mundo, eu ainda acho que tudo que ele fez em 2009 não pode ser esquecido jamais, eu ainda acho tudo isso, mas também acho que não dá mais pra ele no Flamengo.

Se vier, vou apoiar até o fim, mas se dependesse só de mim eu preferiria que o Imperador fosse procurar novos impérios ao invés de voltar para o seu conhecido Império rubro-negro.

SRN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: