O inatingível Barcelona

Foi disputada ontem a final do Mundial de Clubes da FIFA de 2011. Seguindo o costume “quimérico” falo um pouco sobre esse jogo de ontem e sobre a trajetória dos dois finalistas.

Depois da vitória do Barcelona sobre o Manchester United na final da Liga dos Campeões e da vitória do Santos sobre o Peñarol na final da Libertadores, a mídia esportiva e todos os que acompanham futebol aguardavam ansiosamente por esse fim de ano. Pra disputa do Mundial de Clubes da FIFA, aguardando o tão esperado embate entre Barcelona x Santos, ou melhor, o grande embate que todos realmente esperavam era entre Messi x Neymar.

Mas pra que isso realmente acontecesse era necessário que Barcelona e Santos cumprissem seus papeis e afirmassem o favoritismo nos duelos da semi-finais, respectivamente contra Al-Sadd e Kashiwa Reysol.

Na quarta o Santos venceu o Kashiwa por 3 x 1, mas sofreu no segundo tempo, o clube japonês comandado pelo brasileiro Nelsinho Baptista e tendo como seus principais jogadores os também brasileiros Jorge Wagner e Leandro Domingues, deu trabalho ao Santos, que não jogou o seu melhor futebol nas semi-finais, apesar do lindo gol de Neymar o futebol santista não foi nem de perto aquele da Libertadores, mas mesmo assim a vaga para a final estava garantida.

Na quinta o Barça também fez sua parte. Vitória sossegada de 4 x 0 sobre o Al Sadd, com três gols brasileiros: dois de Adriano e um de Maxwell. A equipe catalã em momento algum sofreu qualquer perigo real e ainda se deu ao luxo de poupar três titulares: Daniel Alves, Piqué e Xavi.

O tão esperado duelo aconteceu então ontem, em Yokohama. E é até estranho falar sobre o jogo de ontem, porque, com todo respeito ao Santos, não foi de fato um jogo, esteve mais para um baile, um treino ou coisa do tipo. O Barcelona não tomou reconhecimento da equipe brasileira, que, apática, viu o melhor time do mundo desfilar no gramado o seu envolvente, bonito e vencedor futebol. Novo 4 x 0, dessa vez com dois gols de Messi, um de Xavi e um de Fábregas. A única real chance de gol do Santos esteve nos pés de Neymar que cara a cara com Valdés chutou a bola em cima do goleiro espanhol. Um lance em que normalmente o camisa 11 de moicano estilizado não perdoa.

Adjetivos como inatingível, imbatível e outros do tipo são cada vez mais verossímeis pra se qualificar esse time do Barcelona. Foi muito incomum o que aconteceu ontem, por mais que todos já soubessem de toda qualidade do Barcelona o resultado e a maneira como ele foi construído talvez não fosse esperado nem pelo mais otimista dos torcedores catalães. A fraca atuação do Santos no jogo de quarta de certa forma já poderia ser prenúncio pra essa humilhação de ontem, mas mesmo assim, o resultado foi muito incomum para uma final de Mundial de Clubes.

Dentre outras coisas mais, o resultado também confirmou de vez a superioridade do argentino Messi, tudo que indica que ele será eleito pela terceira vez consecutiva o melhor jogador do mundo, fato inédito, e com muito mérito, o argentino de 24 anos ontem mais uma vez decidiu a partida, jogando bem, fazendo dois gols e participando da jogada de outro gol. Em relação às outras peças do Barça só o que dá pra fazer é elogiar, de Valdés à Thiago Alcântara (Guardiola optou por entrar sem nenhum atacante de ofício, depois da lesão de Villa nas semi-finais, e o time parece não ter sentido isso nem um pouco, tamanho o entrosamento e qualidade dos jogadores), todos fizeram o que vêm fazendo já há algum tempo e garantiram mais um título mundial para o Barça.

Já em relação ao Santos de Neymar, coisas precisam ser pensadas, mas acredito que nem tudo tá tão errado assim. Como já frisei neste post não foi só no jogo contra o Barça que a equipe santista não conseguiu jogar bem, na semi-final já havia sofrido pra vencer o Kashiwa e na final o que aconteceu foi um enorme baque. Qualquer time que entrasse pra jogar contra o Barça, no momento que vive hoje, naturalmente iria sentir um baque inicial, mas o Santos deixou isso continuar e em momento algum conseguiu igualar (nem que seja somente na raça) com o Barcelona. Falando assim até parece que seria uma tarefa fácil, pelo contrário, todos sabem que não seria, mas o fato é que o Santos não conseguiu de maneira alguma ser um verdadeiro adversário para o Barça, realmente não tem muito o que falar depois de uma derrota dessas.

Por isso considero as declarações dos santistas até interessantes, ao afirmar que ontem o Santos teve uma aula de futebol Neymar está sendo bem sincero e admitindo que pelo menos por enquanto nem o Santos está a altura do Barcelona e nem ele está a altura de Messi. Mas ainda assim Neymar e o Santos estão na linha de frente do futebol brasileiro, não foi uma derrota que merece críticas, talvez tenha sido uma derrota que mereça apenas o reconhecimento da incapacidade, da insuficiência santista frente ao inatingível Barcelona.

Chega ao fim mais uma temporada e mais uma vez o Barcelona de Guardiola é o supremo campeão de tudo. O acontecimento que já vai virando rotina no mundo do futebol leva todos, cada vez mais, a colocarem esse time do Barça na galeria dos maiores times da história. O mais interessante é perceber que esse time parece estar num auge que não acaba, pelo contrário, vai só aumentando e virando cada vez mais auge. A valorização das categorias de base, da posse e do bom toque de bola, formam o pilar dessa fórmula que vai dando muito certo. Poder estar presenciando isso é bem interessante, pensar que daqui muitos e muitos anos estarão falando daquele  incrível Barcelona dos anos 10…

Resta ao Santos e a todos os outros adversários tentarem encontrar maneiras de destronar esse Barcelona, enquanto isso Messi e cia. vão levantando taças e mais taças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: