XIX Semana de Filosofia (UFJF)

A exemplo do que fiz no ano passado, faço um post hoje dedicado exclusivamente à Semana de Filosofia da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Ano passado dizia que o 2º período da faculdade ia chegando ao fim e gosto pela Filosofia só aumentando, hoje posso dizer que a única mudança nessa frase poderia ser o 4º no lugar do 2º. O gosto pela Filosofia continua só aumentando e não é só uma questão de gosto, o pensamento filosófico, a maneira de olhar o mundo filosoficamente, tudo isso vai me “contaminando” cada vez mais e a Semana de Filosofia é um bom momento pra se refletir um pouco sobre isso.

Neste ano a Semana de Filosofia da UFJF foi realizada já no novo prédio do Instituto de Ciências de Humanas, o novo prédio é de certa longínquo, mal localizado, ainda mais se pensarmos na ótima localização do antigo ICH, mas nostalgias e saudades à parte, o novo ICH oferece três anfiteatros, salas mais bem estruturadas, etc.

E a primeira Semana de Filosofia do novo ICH, realizada do dia 24 ao dia 27 de outubro diferente do que comumente se faz, não teve um tema específico, o “tema” foi chamado justamente de “O múltiplo das questões”. Por isso cada dia meio que teve um tema, mas nada muito certinho.

Na segunda, o evento foi inaugurado com Fenomenologia. O recém-contratado professor da UFJF, Luciano Donizetti da Silva, falou sobre “Liberdade e Engajamento: a Fenomenologia Francesa”. A palestra girou em torno das desavenças filosóficas entre Sartre e Merleau-Ponty. Focando mais no primeiro e também relembrando a importante contribuição heideggeriana para estes dois pensadores franceses.

Logo em seguida foi iniciado o primeiro mini-curso. Ministrado pelo também professor da UFJF (esse já um velho conhecido) José Carlos Rodrigues. O tema foi “Metafísica e Subjetividade”. José Carlos dividiu sua exposição em três momentos: o primeiro foi a “descoberta” da subjetividade por Descartes, depois as sistematizações kantianas de sujeito-objeto e por fim a apresentação de uma entrevista de Martin Heidegger, dada em 1969 no famoso chalé da floresta negra.

Este minicurso foi complementado pelo professor Adelmo José Silva da UFSJ, ele focou em Henri Bergson, pensador pouco estudado no Brasil e que possui um pensamento bem interessante, Bergson aliás foi retomado na terça-feira, na apresentação do livro de Tarcisio Jorge Santos Pinto: “O método da intuição em Bergson e sua dimensão ética e padagógica.”

Na terça-feira o dia foi aberto com o diálogo investigativo do chefe de departamento da Filosofia da UFJF, Juarez Gomes Sofiste. O tema de sua apresentação foi: “Filosofia na América Latina: Filosofia da Libertação ou Libertação da Filosofia”. Juarez buscou lembrar nomes de filósofos latino-americanos que são esquecidos pela maioria como por exemplo Leopoldo Zéa, Enrique Dussel, etc.. falou de uma maneira radical sobre o fazer Filosofia na América Latina.

Terça-feira também foi dia de abertura das Comunicações Filosóficas, que é o espaço dado para os alunos do curso mostrarem seus estudos. As Comunicações Filosóficas este ano foram especiais pra mim, por apresentei o artigo “O Silêncio em Kierkegaard” numa das mesas (já na quinta-feira). Foi a minha “estreia” em apresentações acadêmicas desse porte e o interessante foi ter dividido a mesa com Carlos Mário Paes Camacho, meu colega de sala, que no ano passado também apresentou uma comunicação filosófica e foi citado aqui por mim no blog, naquele momento ele era um “colega palestrante” agora não deixa de ser um “colega de palestrar”.

Enfim, na terça quem apresentou as Comunicações foram Diegho Salles, com “Manoel de Barros: uma reinvenção metafenomenológica da linguagem.” Lidiane Giarola com a “Análise do Discurso” e Vanessa Gonçalves com “O narrador em ‘A Hora da Estrela'”. Todas tiveram como eixo o discurso, a linguagem, e falaram basicamente da pós-modernidade, seja por um viés fenomenológico, estruturalista ou literário.

A quarta também foi um dia especial, principalmente para o Un Quimera. Sim, quarta foi dia palestra do professor René Dentz: “Ética e Psicanálise em Paul Ricoeur”. Digo que foi especial para o Un Quimera pois foi através do post sobre a Semana de Filosofia do ano passado que o René fez contato comigo (via comentário até) e a partir daí fomos planejando a ida dele pra Juiz de Fora para apresentação dessa palestra, é interessante lembrar também que o René é um ex-aluno da própria Filosofia da UFJF, inclusive ajudou a organizar a X Semana de Filosofia. Sua palestra também focou a pós-modernidade, com ênfase nas obras de Paul Ricouer e ressaltou bastante também a importância de um aprofundamento filosófico para que a Psicanálise, a Psicologia possam se desenvolver bem.

O segundo momento de quarta-feira contou com o mini-curso do professor Luiz Antônio Peixoto da UFJF sobre “Ideologia e Senso Comum”. Talvez essa tenha sido a apresentação mais aguardada e frequentada. Dividida em duas partes foi uma espécie de introdução para os futuros alunos de Estética e Filosofia da História (meu caso) e de revisão para os atuais alunos dessa disciplina. Partindo de Marx e da Escola de Frankfurt, Luiz Antônio ministrou um mini-curso que gerou muito interesse, discussão e que pretende sempre, creio, despertar mesmo é a crítica social através de um viés filosófico.

Esse mini-curso foi o gancho para os alunos Aurius Gonçalves e Emerson Oliveira apresentarem seus trabalhos nas Comunicações Filosóficas de quarta. Aurius apresentou “A Ideologia da Cultura na Contemporaneidade” e Emerson uma análise de “Ideologia: uma introdução” de Terry Eagleton. Muito debate e muita discussão, os habituais dez minutos de perguntas foram fortemente extrapolados.

A quarta foi fechada com a palestra do professor da UFJF, Ricardo Vélez: “Panorma completo da Filosofia Latina”.

Na quinta-feira, último dia da Semana, a primeira atração foi a mesa de Comunicações Filosóficas, onde, como já adiantei, o blogueiro aqui e Carlos Mário Paes Camacho fizeram suas apresentações. Ele com “Ética e Atualidade em Michel de Montaigne” e eu com “O Silêncio em Kierkegaard”.

O dia continuou e de certa forma retomou a levada de quarta-feira das ideologias e afins com o mini-curso do professor da UFJF Pedro Rocha: “Ideologia e Imagem”. Dividido em duas partes, como todos os mini-cursos, a primeira parte foi de apresentação do filme “Salve Geral”, que conta a história do acontecimento que ficou conhecido como Salve Geral, revolta do PCC ocorrida em 2006.

A segunda parte da mini-curso foi para discussão do filme em si e de como a violência e as ideologias são representadas em imagem (no caso, pelo Cinema). Assim como o mini-curso do Pedro Rocha na Semana de Filosofia do ano passado, este foi impactante e gerou muita discussão bacana.

Quinta-feira continuou com muito cinema. Depois do mini-curso do Pedro Rocha foi a vez de Leandro Domith dividir a mesa com o cineasta Sergio Santeiro. O primeiro escreveu sua tese de mestrado em cima da obra do segundo e ambos falaram muito bem sobre “O Cinema no Terceiro no Mundo”. A discussão acabou indo para o lado quase que estritamente cinematográfico e saindo um pouco da Filosofia em certos momentos, mas ainda assim foi muito válida, um dos pontos altos da Semana.

Semana de Filosofia que chegou ao fim com palestra conjunta do cineasta Geraldo Veloso e do professor da UFJF Gilberto Vasconcellos, ainda nesse diálogo entre Filosofia e Cinema o tema da palestra foi: “O Cinema concebido como reflexão sobre a realidade no terceiro mundo e seu devir histórico”.

Essa foi uma passada bem superficial sobre as palestras, mini-cursos e comunicações dessa XIX Semana de Filosofia. É muito bom e engrandecedor, academicamente falando, participar de um evento dese porte. Apenas dentro das quatro paredes da sala de aula não dá pra se ter uma vida acadêmica verdadeiramente interessante.

Enfim, cada vez mais envolvido nessa Filosofia da UFJF vou escrevendo sobre as Semanas e espero que elas possam continuar sendo realizadas e sempre despertando o interesse em professores, alunos e demais pesquisadores (principalmente os da própria UFJF), mas também aos de fora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: