Sinótica

Nos poemas sujos de um falso poeta

Escondem-se indagações, ideias e sentimentos

A caneta que faz seu trabalho riscando o papel

É a mesma que acaba sendo contida por um corretivo

O giz que dá vida e alma ao quadro negro

Depois se desfaz e não vira nada além de pó

Por entre ruas, praças, carros e ônibus

Ando só, ando conversando, ando pensando

E a cada minuto que passa fico com a certeza:

Não há nada pra se fazer a não ser viver.

Viver os detalhes de cada rua e de cada conversa

A poesia oculta nos concretos muros que ofuscam nossa visão

A verdade inatingível que atrai a todos

O medo não passa de um engano e as vezes nos confunde

E enquanto a mentira e a verdade vão caminhando de mãos dadas pela rua

No calçadão seguinte um mendigo pede esmola

As luzes da cidade continuam acesas

A escuridão da noite é quem sopra o vento frio

O brilho daquele olhar é quem inspira o poeta

A angústia que surge em cada semblante é reflexo do engano de cada atitude

“Passa um tempo e tudo volta pro seu lugar”

Como se o tempo não tivesse mais nada pra fazer

É gengibre pra garganta, x-bacon pra larica

Celulares que tocam, camelôs que gritam

Vontades desfeitas: Ilusões confirmadas

Mais uma vez um acidente na avenida

O verde das folhas das árvores é a esperança do futuro

A simples presença dela é a esperança do poeta

A fé existe e está muito viva

Ali naquele homem que adentrou a Igreja

No doente que viveu, na ideia que venceu

Visto minha blusa pra escapar do frio e vou andando

As janelas estão fechadas, os livros também

Agora parem e pensem um instante:

O mundo é apenas uma corrupta árvore celestial.

Rogério Arantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: