Como é?

Vou com uma canção de Celso Viáfora e Vicente Barreto, brilhantemente interpretada por Ney Matogrosso pra ilustrar o 7 de setembro:

A Cara do Brasil

Eu estava espamarrado na rede, Jeca Urbanóide de papo pro ar

Me bateu a pergunta meio à esmo: na verdade, o Brasil o que será?

O Brasil é o homem que tem sede ou que vive da seca do sertão?

Ou será que o Brasil dos dois é o mesmo o que vai é o que vem na contra-mão?

O Brasil é um caboclo sem dinheiro procurando o doutor nalgum lugar

Ou será o professor Darcy Ribeiro que fugiu do hospital pra se tratar?

A gente é torto igual Garrincha e Aleijadinho ninguém precisa consertar

Se não der certo a gente se virar sozinho decerto então nada vai dar

O Brasil é o que tem talher de prata ou aquele que só come com a mão?

Ou será que o Brasil é o que não come o Brasil gordo na contradição?

O Brasil que bate tambor de lata ou que bate carteira na estação?

O Brasil é o lixo que consome ou tem nele o maná da criação?

Brasil Mauro Silva, Dunga e Zinho que é  Brasil zero a zero e campeão

Ou o Brasil que parou pelo caminho: Zico, Sócrates, Júnior e Falcão

O Brasil é uma foto do Betinho ou um vídeo da Favela Naval?

São os trens da alegria de Brasília ou os trens do subúrbio da Central?

Brasil-Globo de Roberto Marinho, Brasil-Bairro: Carlinhos-Candeal?

Quem vê, do Vidigal, o mar e as ilhas, ou quem das ilhas vê o Vidigal?

O Brasil encharcado, palafita? Seco, açude sangrando chapadão?

Ou será que é uma Avenida Paulista? Qual a cara da cara da nação?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: