Rabo de Urna #07

O sétimo Rabo de Urna é especial.

Vem falar de um assunto muito, mas muito importante mesmo, que é a Educação, pilar para o desenvolvimento de qualquer país e que deve ser levado a sério sempre (nessas Eleições então, mais ainda).

E fala disso de uma maneira diferente, não serão as ideias ou a opinião do blogueiro que estarão presentes aqui, ma sim um texto de Ivan Bilheiro.

Nesses primeiros meses de Juiz de Fora, já fiz alguns amigos e Ivan é um deles, mandou muito bem nesse texto que foi publicado no Tribuna de Minas, e eu pedi a ele a permissão para publicá-lo aqui no Un Quimera, encaixaria perfeitamente na série Rabo de Urna.

Vale lembrar também que Ivan é um dos poquíssimos leitores deste querido blog…

Aí vai:

Educação e Qualidade

O tema educação já não é novidade no debate político. Mas a sociedade brasileira e os políticos precisam encará-lo sob a perspectiva certa: a da qualidade. Neste momento em que o país se prepara para eleger novos representantes e governantes, a oportunidade para corrigir o olhar sobre a educação é imperdível.

Quando se fala do direito à educação, muitas vezes não se fala de qualidade. Assim, mesmo que o direito à educação seja inserido na agenda política dos candidatos, nem sempre isso corresponde ao que, de fato, deve ser buscado: o direito à aprendizagem.

Escolas malconservadas, alunos que tiram pouco proveito de suas horas nas instituições de ensino, professores mal remunerados e pouco motivados: este pode ser o cenário de um país que garante o acesso à educação, mas jamais seria o cenário de um país que luta pela qualidade da educação. Se os estudantes brasileiros tivessem o direito à aprendizagem, consequentemente haveria uma melhora no cenário educacional, pois não há condições de garantir a aprendizagem sem que os professores e as escolas recebam a devida atenção.

Desta forma, deve-se colocar na lista de prioridades o direito à aprendizagem, para que os candidatos que se comprometam com a questão da educação não possam fazê-lo simplesmente para garantir votos, pois a responsabilidade sobre a aprendizagem requer a garantia de uma educação de qualidade, a única que pode oferecer um futuro melhor para o país.

A função de todos os eleitores, na posição de cidadãos responsáveis pela sociedade em que vivem, é lutar pela garantia do direito à aprendizagem, através de uma educação de qualidade, a fim de que o sistema educacional não seja ampliado no âmbito quantitativo, mas que ganhe qualitativamente. Direito à educação sim, mas de qualidade!

Mês que vem tem mais Rabo de Urna, valeu pelo texto Ivan.

3 pensamentos sobre “Rabo de Urna #07

  1. Ivan Bilheiro disse:

    Rogério, meu caro,Parabéns pela iniciativa. Fazer eco ao alerta sobre o tema da educação e, como bem disse, com destaque neste ano de eleições, é crucial. Façamos constantemente nosso melhor para que a educação seja valorizada no país, e estaremos cumprindo nosso papel de cidadãos!Um fraterno abraço!

  2. […] pela segunda vez na sua história (a primeira tá aqui) o Un Quimera tem a honra de publicar um texto de Ivan […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: