O penúltimo jogo da Copa


Foram decididos ontem os 3º e 4º lugares da Copa do Mundo.

O confronto entre Uruguai x Alemanha, assim como acontece na maioria das disputas do 3º lugar foi um jogo muito aberto, de muitos gols e emoção.

A equipe europeia que era uma das favoritas ao título entrou em campo com um time misto e parecia não tão interessada, já o Uruguai jogava com todas as suas forças e queria muito a terceira colocação.

Mas o jogo foi rolando e com chances de lá e de cá, quem acabou saindo na frente foi a Alemanha. Chute de longa distância de Schwensteiger, o goleiro Muslera falhou e no rebote Müller abriu o placar. O camisa 13 alemão chega a 5 gols na Copa e é um dos artilheiros da competição.

Pouco depois o Uruguai chegou ao empate. Luis Suárez que voltava de suspensão fez boa jogada e deixou Cavani na cara gol, o camisa 7 não perdoou e empatou o jogo.

Na volta para o segundo tempo veio a primeira virada do jogo. Logo aos cinco minutos, o volante Arévalo Rios cruzou para Fórlan, que acertou um lindo voleio e fez o segundo gol uruguaio. O camisa 10 também chega a 5 gols, é mais um dos artilheiros da Copa.

Não demorou muito pra Alemanha empatar mais uma vez o jogo. Aos 11, depois de cruzamento de Boateng da direita outra falha de Muslera, a bola sobrou para Jansen que meio sem querer deixou tudo igual.

Depois disso a Alemanha foi ganhando campo, criando algumas chances e o esforçado time uruguaio parecia esgotado.

A outra virada era questão de tempo. Aos 37, após bola cruzada na área uruguaia o volante Khedira cabeceou bem e dessa vez Muslera não teve culpa nenhuma, 3 x 2 Alemanha.

No último lance do jogo, Forlán em uma bela cobrança de falta ainda acertou o travessão de Butt, mas não teve jeito, vitória alemã que pela 4ª vez na história termina uma Copa na terceira colocação.

Esse jogo pra mim deixa a impressão de dois vencedores.

A Alemanha venceu o jogo, isso por si só já é uma vitória, mas talvez mais importante que isso seja a renovada e talentosa seleção que ela levou pra Copa. Novos nomes como Müller, Özil, Khedira são a esperança alemã de mais bons resultados nas Copas seguintes, a falta de Ballack não foi tão sentida assim, e as goleadas sobre Inglaterra e Argentina inflam o ego alemão.

E o Uruguai literalmente renasceu. foi desacreditado para a Copa, conseguindo sua vaga na repescagem, caiu em grupo complicadíssimo e muitos pensavam que voltaria pra casa ainda na primeira fase. Mas foi exatamente o contrário que aconteceu, uma seleção raçuda e compenetrada apresentou um futebol não tão bom em alguns momentos, mas conseguiu chegar até as quartas e contou com um dos melhores jogadores do mundial, Diego Forlán. O camisa 10 fez gols, deu assistências, comandou o time e deu condições para Suárez, Cavani, Pereira se destacarem.

Logo mais tarde a grande final entre Holanda x Espanha, amanhã o Un Quimera fala do último jogo da Copa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: