Arquivo mensal: fevereiro 2009

Os "acontecimentos" de fevereiro/2009

Chega ao fim mais um mês, o menor deles e assim como fiz em janeiro coloco aqui
no Un Quimera os dois grandes “acontecimentos” (na minha opinião, é claro) do mês
de fevereiro.
E também como no mês passado falo sobre esporte e política mais uma vez.
Aí está:
O choro de Federer

Isso aconteceu no primeiro dia do mês de fevereiro.
Na decisão do Australian Open, um dos 4 Grand Slams do calendário do Tênis (os Grand Slams são as grandes competições do Tênis, onde estão os melhores tenistas).
E, pra variar um pouco, a final do Australian Open 2009 foi disputada entre o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal.
Os dois são os melhores tenistas da atualidade sem sombras de dúvida, até eu que não entendo quase nada sobre Tênis sei disso.
E depois de uma partida de pouco mais de 4 horas de duração (a partida em si poderia ter sido um “acontecimento”), na hora da entrega do troféu, Roger Federer simplesmente chorou.
Mas não foi qualquer choro, o suíço perdeu o jogo para Nadal por 3-2 e mais uma vez não conseguiu chegar a marca que deseja: conquistar 14 Grand Slams e igualar assim Pete Sampras, o tenista com maior número de Grand Slams conquistados.
Em um momento de muita emoção, Roger chorou e depois declarou:
– Esse é o pior dos sentimentos.
Como já falei, eu entendo muito pouco de Tênis.
Backhands, quebra de serviço, dupla falta, são palavras meio estranhas para o meu vocabulário.
Mas o que eu coloco como acontecimento está acima de tudo isso, no caso é o
choro do suíço, é a emoção, a vibração que todos os esportes conseguem causar em quem realmente gosta deles. Ainda numa declaração pós-jogo, Federer disse:
– Eu lutei, acho que joguei bem. Estou feliz com meu jogo. Queria que meu saque tivesse estado melhor, mas é algo que depende do dia. Eu amo este esporte. Ele significa o mundo para mim, então dói quando você perde.
Acho que não preciso falar mais nada sobre o assunto, vamos para o próximo.
O referendo venezuelano


No dia 15, na Venezuela, o povo foi as urnas votar em um referendo que poderia fazer com que a reeleição para presidente, governador e prefeito fosse ilimitada.
Com aproximadamente 56% contra 44%, o SIM venceu, e a partir de agora a reeleição na Venezuela é ilimitada.
O referendo foi proposta do atual presidente venezuelano Hugo Chávez.
O acontecimento no caso, foi o referendo, que muda muita coisa na Venezuela, mas é interessante também falar de Hugo Rafael Chávez Frías, uma das grandes personalidades políticas da atualidade.
Resumindo sua vida política: Tentou dar um golpe de Estado em 1992 e se deu mal: foi preso e ficou assim por 2 anos.
Seis anos depois, porém, se candidatou por um partido de esquerda e com 56% dos votos foi eleito presidente.
Daí pra frente Chávez mudou muita coisa no panorama sócio-político-econômico venezuelano.
Desde a criação de programas sociais até a nacionalização de empresas, Hugo, nestes 10 anos começou o que ele chama de Socialismo do Século XXI, ou Bolivarianismo.
Hugo Chávez se espelha no libertador Simon Bolívar, e também tem como modelo o ex-ditador cubano Fidel Castro.
Apesar das idéias claramente socialistas, de extrema esquerda, Chávez sempre manteve relações com o símbolo máximo capitalista (os EUA), o interesse comum entre ambos são os barris de petróleo, vale lembrar que a Venezuela é uma potência mundial quando o assunto é o ouro negro.
Ou seja, a Venezuela, apesar de tudo, ainda é um país capitalista, mas o referendo agora dá a Chávez a oportunidade de continuar com o seu plano socialista, segundo este plano, entre os anos de 2007 e 2021, a Venezuela passará por um processo de transição, e em 2021 será um país socialista, e terá as três principais característas do socialismo do século XXI: Bem Comum, Produção Social e Participação Direta.
Pra finalizar: O referendo é um acontecimento que deverá refletir e ter real importância no futuro. É esperar pra ver…

É sempre Carnaval no Brasil

“O Pierrot apaixonado chora pelo amor da Colombina…”
*Homenagem ao Carnaval

Copa do Brasil 2009


Depois de falar sobre a Libertadores falo agora sobre a outra competição mais movimentada
do primeiro semestre do futebol brasileiro.

Diferentemente da Libertadores, uma competição de muita história e tradição, a Copa do
Brasil teve sua primeira edição disputada apenas em 1989, e o primeiro campeão foi o Grêmio.

Mas, aos poucos, a Copa do Brasil foi adquirindo tradição dentro do futebol brasileiro,
principalmente pelo motivo do campeão da Copa do Brasil se classificar automaticamente
para a Libertadores do ano seguinte.

No ano passado, o campeão foi o Sport, depois de eliminar favoritos como Palmeiras e Inter
o Sport chegou a final e disputou o título contra o Corinthians.

O alvinegro paulista ainda iria começar a disputar a segunda divisão, mas fez uma boa
campanha na Copa do Brasil e chegou a final como favorito, e no primeiro jogo, no Morumbi
venceu por 3 x 1, a animação da segunda maior torcida do Brasil era grande.

Só que na semana seguinte, dentro de uma Ilha do Retiro lotada, ao som de cazá, cazá,
cazá… o Sport de Carlinhos Bala e cia. foi pra cima e com uma vitória por 2 x 0 levou o
título pelo critério de gols fora de casa.

Esse ano a Copa do Brasil continua nos mesmos moldes, 64 times disputam, todas as fases são
no sistema “mata-mata”, com jogos de ida e volta mas nas duas primeiras fases em caso de
vitória do visitante por 2 ou mais gols, não tem jogo de volta.

Importante: Como já falei nesse mesmo post, o Sport ano passado foi campeão por causa do
critério de gols marcados fora de casa, esse é um dos critérios mais importantes desta
competição e pode mudar muita coisa.

Bem, assim como fiz no post da Libertadores cito aqui 5 favoritos, mas é bom lembrar que a
Copa do Brasil sempre apresenta zebras, como Brasiliense, Santo André e Paulista, então os
favoritos que se cuidem.

ATLÉTICO (MG)

O Galo vem se reconstruindo nesse começo de temporada.

Emerson Leão chega pela 3ª vez ao clube e vai mudando muitas coisas, trouxe jogadores com
os quais já tinha trabalhado antes, como Júnior e Renan, mas a principal contratação até
agora é Diego Tardelli, que também já tinha trabalhado com leão no São Paulo, mas que
chegou de uma maneira arrasadora no Atlético, marcando muitos gols.

Destaque também para a volta de Éder Luís e para a promessa Renan Oliveira.

O gol, a defesa e principalmente o meio-campo ainda são um tanto quanto inconstantes, e o
time precisa melhorar, mas é um dos candidatos ao título dessa Copa do Brasil 2009.

A estréia é contra o Itabaiana (SE)

BOTAFOGO (RJ)

A Estrela Solitária no comando de Ney Franco é considerada por muitos o melhor time do Rio
de Janeiro na atualidade.

Com uma folha salarial enxuta, algumas apostas em jovens jogadores como o goleiro Renan e o
polivalente Tiaguinho e muitas contratações.

O novo ataque formado por Victor Simões e Reinaldo promete e a coerência tática adquirida
por Ney é de se elogiar.

O Fogão chegou muito perto do título da Copa do Brasil nas últimas temporadas, sempre
beliscando pelo menos as quartas-de-finais, vamos ver se nesse ano o título chega a
General Severiano.

A estréia é contra o Dom Pedro (DF)

CORINTHIANS (SP)

O Corinthians, atual vice-campeão da Copa do Brasil, depois do título da Série B de 2008,
reforçou muito o time.

Já estou até de saco cheio de tanto falarem de Ronaldo, Ronaldo e Ronaldo.

Além do “Fenômeno” o Alvinegro de Parque São Jorge também trouxe outros bons jogadores como
Jorge Henrique e Túlio do Botafogo, e Otacílio Neto, umas das contratações menos badaladas
até que está dando certo.

Mas a grande força do Corinthians talvez não esteja nas contratações, mas sim na boa base
montada por Mano Menezes na temporada passada.

A zaga com Chicão e William, o meio com Elias, Morais e Douglas e o jovem e bom Dentinho no
ataque fazem a diferença nesse time, que mais uma vez entra como favorito ao título.

A estréia é contra o Itumbiara (GO)

FLAMENGO (RJ)

Não é só porque eu torço pro Flamengo que o coloco aqui entre os favoritos.

O time comandado por Cuca é quase o mesmo da temporada passada, o elenco é grande e forte,
jogadores de qualidade como Jônatas, Kléberson e Fierro muitas vezes são reservas, a grande
novidade para essa temporada é Zé Roberto, ex-Bota, velho conhecido de Cuca.

Como a base foi mantida o que se espera é um Flamengo forte, com reais chances de títulos.

A defesa é sólida e joga junto a mais ou menos 2 anos, do meio pra frente existe uma
constante disputa por posição, o melhor do time ainda é o lateral-esquerdo Juan.

A estéia é contra o Ivinhema (MS)

INTERNACIONAL (RS)

O Inter está no ano de seu centenário e montou um time digno de comemorar essa data.

A busca por títulos começou no Gaúchão e agora chega na Copa do Brasil, competição em que o
Inter foi eliminado de maneira precoce na temporada passada, pelo campeão Sport.

Esse ano o time, a exemplo de Flamengo e Corinthians, é parecido com o da temporada passada.

Se for pra analisar todo o time é muito bom, mas é a parte ofensiva que empolga mais: o
camisa 15 D’Alessandro ao lado do ótimo Alex comandam as ações e Nilmar e Taison formam uma
dupla ofensiva muito forte.

Mas é bom não esquecer de Pablo Guiñazú, o melhor do time na minha opinião.

A estréia é contra o União Rondonópolis (MT)

Se essas zebras não atacarem esse ano, acredito que o título fica entre esses cinco.

P.S. – Em tempo, a Copa do Brasil começa nesta quarta, dia 18.

Copa Libertadores da América 2009

Então, ano passado o Flamengo acabou tropeçando demais, principalmente dentro do Maracanã,
e, depois de ter participado dois anos consecutivos da Copa Libertadores, acabou ficando
de fora.

Mas não é por isso que eu não vou falar um pouco da maior competição de clubes da América
Latina.

Em tese, é uma competição que se equivale a Liga dos Campeões da Europa, mas, vamos ser
sinceros, atualmente, não existe comparação entre essas duas competições.

Só que nesse post o assunto é única e exclusivamente a Copa Libertadores.

Pra começar, uma coisa boba, que passa desapercebida por muitos creio eu, mas que tem muita
importância.

Afinal, por quê LIBERTADORES DA AMÉRICA?

Pesquisando, acabei descobrindo que o nome é uma homenagem a cinco homens que fizeram
coisas muito importantes para a América, pra ser mais específico, ajudaram na sua
libertação, daí, não há nome mais adequado do que Libertadores da América.

Esses homens são: Antonio José de Sucre, Bernardo O’Higgins, Dom Pedro I,
José de San Martín e Símon Bolívar.

Poderia até falar um pouco sobre cada um deles, mas além de deixar o post muito longo,
desviaria um pouco do foco central que é o futebol, tem os links aí nos nomes deles pra
quem quiser saber um pouco mais dos (literalmente) libertadores.

A idéia minha é, apresentar nesse post, um favorito para cada libertador, ou seja,
apresentar os cinco favoritos a conquista da Libertadores 2009 (na minha opinião, é claro).

Aqui estão:

BOCA JUNIORS (ARG)
Pelo menos nos últimos 10 anos, não dá pra falar de Libertadores sem falar de Boca Juniors,
a equipe xeneize chega todos os anos e é sempre candidata ao título.

E nessa temporada não é diferente, o time do Boca, campeão argentino no fim de 2008, numa
disputa emocionante, quando enfrentou e venceu Tigre e San Lorenzo no quadrangular final,
vem em busca do seu sétimo título na competição.

O time é quase o mesmo do ano passado, o camisa 10 Riquelme continua comandando as ações, e
apesar da saída de Dátolo para o Napoli, o meio-campo continua raçudo como sempre.

O ataque com Palermo (que está de volta depois de lesão) e Palacio é dos mais perigosos e
com certeza vai incomodar muita gente.

O Boca está no grupo 2, que conta também com Guaraní (PAR), Deportivo Táchira (VEN) e
Deportivo Cuenca (EQU).

CRUZEIRO (BRA)

O Cruzeiro caiu justamente diante do Boca na Copa Libertadores da última temporada.

Mas o time azul da temporada passada ainda estava se formando, hoje, o time está quase
pronto.

Com boas contratações da Libertadores do ano passado pra essa, como Thiago Ribeiro, a volta
do ídolo Sorín e Kléber, o Cruzeiro vem forte, e tem na espinha dorsal, formada por Fábio,
Jonathan e Ramires, a base do time, principalmente no camisa 8 que a cada dia que passa
parece jogar mais.

Esse Cruzeiro mais maduro promete, depois dos títulos de 76 e 97, em 2009 a Raposa vem em
busca do tri.

O grupo é o 5, jogam nele também Universitario de Sucre (BOL), Deportivo Quito (EQU) e
Estudiantes de La Plata (ARG)

LIBERTAD (PAR)

O Libertad não deve ser favorito para muita gente, mas a equipe paraguaia, vem mostrando
nos últimos anos que pode sim conquistar a competição mais importante das Américas.

A equipe é a atual tetra-campeã paraguaia. Tá bom, o Campeonato Paraguaio não é lá grande
coisa, mas também não é só isso, o Libertad, nas últimas Libertadores perdeu somente para
os campeões, em 2006, para o Internacional nas semi-finais, em 2007 para o Boca Juniors nas
quartas e no ano passado caiu no grupo dos dois finalistas: LDU e Fluminense, por isso, nem
passou da primeira fase.

Pode ser só coincidência, mas além disso, o próprio nome da equipe tem tudo a ver com a
competição.

Mas falando sério, o ataque com Samudio e Manuel Maciel é a principal arma do Gumarelo,
na busca pelo seu primeiro título da competição.

Está no grupo 8, junto com San Lorenzo (ARG), Universitario de Deportes (PER) e San Luis
(MEX).

LDU (EQU)

Bem, nunca se pode menosprezar o atual campeão de uma competição, por isso a LDU está aqui
entre os meus favoritos para o título.

Apesar da saída de jogadores importantíssimos como Joffre Guerrón e Jorge Bolaños a LDU
tem como principais destaques o bom lateral Ambrosi, o não menos bom meio-campista Urrutía
e o atacante Bieler, todos participaram do título na temporada passada.

Em busca do bi, a Liga Deportiva Universitaria de Quito está no grupo 1, ao lado de
Colo-COlo (CHI), Sport (BRA) e Palmeiras (BRA).

SÃO PAULO (BRA)

O São Paulo, atual tri-campeão brasileiro vem em busca do tetra na Libertadores.

Depois da eliminação para o Fluminense no ano passado, Muricy e cia. afirmam que o objetivo
pricipal dessa temporada é mesmo a Libertadores.

E para isso a equipe do Morumbi contratou alguns jogadores que a eliminaram no ano passado,
como Arouca, Júnior César e o Coração Valente Washington.

Além deles, a base foi mantida: Rogério Ceni, Miranda, Jorge Wágner, Hugo, Dagoberto e
Borges são peças importantes da equipe de Muricy.

Apesar do começo não muito animador no Campeonato Paulista o tricolor é favorito ao título
continental e figura no grupo 4, ao lado de Defensor Sporting (URU), América de Cali (COL)
e Independiente de Medellín (COL).

Esses são os grandes favoritos pra mim, mas, além desses cinco, também cito outros cinco
times que devem chegar um pouco mais longe na competição: Palmeiras, Estudiantes, Grêmio,
San Lorenzo e Chivas Guadalaraja.

Se o título ficar fora das mãos desses 10 times pode-se dizer que eu não entendo nada mesmo
de futebol.

P.S. – Em tempo, a fase de grupos da Libertadores 2009 começa nesta terça, dia 10.

Mercado em Transição

Obama encontra Bush
O medo encontra a Faixa de Gaza

A bolsa cai… a bolsa sobe
O dólar cai… o dólar sobe

Os times tentam contratações
As empresas já não querem patrocinar

O dólar cai… o dólar sobe
A bolsa cai… a bolsa sobe

Elton John no Brasil
Bob Dylan na minha cabeça

A bolsa cai… a bolsa sobe
O dólar cai… o dólar sobe

Coração batendo mais forte
Pensamento voando mais alto

O dólar cai… o dólar sobe
A bolsa cai… a bolsa sobe

Rogério Arantes

O domingo dos camisas 9

O dia de ontem foi muito parecido para Flamengo e Liverpool.


No começo da tarde (as 14h, no horário brasileiro de verão) o Liverpool recebeu o Chelsea
de Felipão no Anfield Road com uma pressão enorme nas costas, nem eu nem nenhum outro
torcedor dos Reds aguentava mais ver o time empatar, foram tantos empates no mês de
janeiro que o Manchester United acabou assumindo a liderança da English Premier League.

Mas ontem, contra o Chelsea era o dia de ganhar.

E apesar de toda a pressão exercida durante boa parte do jogo, parecia que o que viria
seria mesmo mais um empate.

No começo do segundo tempo, a expulsão de Frank Lampard deu mais ânimo ainda ao Liverpool
que partiu pra cima do Chelsea.

O israelense Benayoun entrou bem, Kuyt, Torres e Gerrard incomodavam a meta de Petr Cech
mas o gol não saia.

Até que, aos 44 do segundo tempo, depois de muita espera, Fábio Aurélio cruzou da esquerda,
Fernando Torres se antecipou e cabeçeou pro fundo do gol do Chelsea, estava aberto o placar.

E logo depois, após falha de Ashley Cole, Benayoun roubou a bola, avançou e depois de uma
dividida, a bola acabou sobrando para “El Niño” Torres fazer o segundo e fechar o caixão
dos Blues.

Agora a vantagem do Man. United é de 2 pontos, mas o time de Sir Alex Fergunson ainda tem
um jogo a menos, apesar disso, depois dessa boa vitória sobre o Chelsea o Liverpool ainda
está na briga, e dá pra levar esse Campeonato Inglês sim.

Quem decidiu foi o CAMISA 9 Fernando Torres.

E um pouco mais tarde, as 17h, foi a vez do Mengão entrar em campo, pela 3ª rodada do
Campeonato Carioca, contra o Volta Redonda, em Volta Redonda.

Assim como nas duas primeiras rodadas o Flamengo não mostrou um bom futebol, teve várias
dificuldades pra se acertar dentro de campo e tomou alguns sustos do Voltaço.

Mas, também como tinha feito nas duas primeiras rodadas o Flamengo venceu novamente por um
gol de diferença.

E esse gol demorou pra sair, como no jogo do Liverpool.

Aos 42 do segundo tempo, Maxi fez boa jogada pela direita e cruzou, a bola passou por todo
mundo e sobrou na esquerda com Egídio que cruzou na área mais uma vez, dessa vez Josiel
antecipou e fez o gol.

Apesar das atuações fracas desse começo de temporada o Flamengo mantém o 100% de aproveitamento na Taça GB e caminha a passos largos para as semi-finais.

Foi o primeiro gol do artilheiro do Brasileirão de 2007, com a camisa do Flamengo, ele que
teve poucas chances na temporada passada entrou no segundo tempo e decidiu o jogo.

E assim como foi em Anfield, o CAMISA 9 decidiu.

E no caso do Flamengo isso é mais importante ainda.

Afinal Fernando Torres é um dos melhores, senão o melhor jogador do Liverpool, não precisa
provar nada a ninguém, já no Flamengo, apesar de algumas boas atuações de Souza,
principalmente na arrancada de 2007, há muito tempo que um camisa 9 não consegue se firmar
e fazer o que os camisas 9 geralmente fazem: gols.

Então é torcer pra que o Josigol possa realmente se firmar e que muitos outros gols saiam
dos seus pés, desde o começo da temporada acredito que o elenco do Flamengo tem muitos
bons jogadores meio “perdidos” dentro dele como Jônatas, Fierro e o próprio Josiel, é
preciso achá-los!

YNWA SRN